Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Incubadora Tecnológica do IFRN recebe apoio do Ministério da Cidadania
Extensão

Incubadora Tecnológica do IFRN recebe apoio do Ministério da Cidadania

13/12/2021 - Projeto para fortalecimento da comercialização dos Empreendimentos Econômicos Solidários do RN recebeu fomento de R$ 1 milhão

Incubadora Tecnológica do IFRN recebe apoio do Ministério da Cidadania

A incubadora IFSol realiza ações junto aos empreendimentos de Economia Solidária no Estado.

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN), através da Pró-Reitoria de Extensão (Proex), recebeu apoio do Ministério da Cidadania para executar o projeto ‘Fortalecimento da comercialização dos Empreendimentos Econômicos Solidários do Rio Grande do Norte através do processo de incubação e assessoramento’. O projeto é fruto da Incubadora Tecnológica para o Fortalecimento da Economia Solidária (IFSol).

Com o objetivo de fomentar a comercialização em rede no Rio Grande do Norte para Empreendimentos Econômicos Solidários (EES), a ação tem como público alvo os moradores de comunidades tradicionais, quilombolas e indígenas em situação de vulnerabilidade.

A colaboração foi firmada após uma delegação da Reitoria do Instituto ir a Brasília/DF, entre os dias 30 de novembro e 2 deste mês de dezembro, para apresentar projetos da instituição e buscar parcerias e aportes financeiros. O Ministério da Cidadania considerou seu histórico com o IFRN na execução de outro projeto, também na área de Economia Solidária, denominado ‘Geração Solidária’, encerrado em 2019. O fomento um milhão de reais foi encaminhado, via Termo de Execução Descentralizada (TED), para ser executado pelo Instituto no período de dois anos, podendo o prazo ser prolongado e o valor aditado durante a sua vigência.

Vinculada à Proex, a IFsol executará o projeto em parceria com a Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern). A pró-reitora de Extensão, professora Denise Momo, destaca que "a IFSOL vem desenvolvendo atividades nos campi do Instituto desde 2018. O trabalho é desenvolvido em rede, onde cada Campus é um núcleo da incubadora. Os recursos captados irão possibilitar o assessoramento e incubação de empreendimentos econômicos solidários, contribuindo na geração de renda. Irão fortalecer também os núcleos da IFSOL e propagar princípios da economia solidária na comunidade acadêmica, articulando Ensino, Pesquisa e Extensão".

“Será muito gratificante poder atender a tantos territórios do RN, colaborando com a organização produtiva de trabalhadoras e de trabalhadores e, consequentemente, cooperando para a melhoria de suas condições de vida”, declarou o coordenador da IFSOL em 2022 e do projeto, Yuri Padilha, do Campus João Câmara. O professor segue comentando o desafio que virá pela frente: “Será [o desafio de] ter uma atuação coesa entre os núcleos, afinal, cada território em que a Incubadora está inserida apresenta uma dinâmica particular. Mas, contamos com servidoras, servidores e estudantes com qualificação e motivação para corresponder à qualidade de serviço inerente a nossa instituição".

Ações do documento

Página em carregamento