Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN tem projeto aprovado em Edital do Banco do Nordeste
Projeto

IFRN tem projeto aprovado em Edital do Banco do Nordeste

05/01/2023 - Projeto aborda cultivo de banana no Vale do Açu

IFRN tem projeto aprovado em Edital do Banco do Nordeste

Projeto ficou em 4º lugar entre os selecionados

O Campus Ipanguaçu do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) teve o projeto “Construindo saberes sobre a bananicultura no Vale do Açu” aprovado pelo Edital Fundeci 01/2022 - Desenvolvimento Territorial, do Banco do Nordeste, que visa o apoio financeiro para a difusão de tecnologias em um ou mais elos das cadeias produtivas (insumos, produção, beneficiamento e comercialização) das atividades econômicas priorizadas nos territórios atendidos pelo Prodeter e/ou Agronordeste. 

O coordenador do projeto, Geraldo Júnior, falou sobre a importância da conquista: “Com a aprovação deste projeto, estamos dando mais um passo na consolidação das ações promovidas pelo Campus com foco no desenvolvimento territorial na região Vale do Açu. A difusão de tecnologias e a aproximação com o setor produtivo, além da participação dos parceiros, são os elementos basilares para o sucesso desta proposta”. 

Bananicultura no Vale do Açu

Segundo sua ementa, o projeto “Construindo Saberes sobre a Bananicultura no Vale do Açu” tem o intuito de difundir o uso de efluente doméstico tratado na fertirrigação da cultura da bananeira na região do Vale do Açu, abrangendo os municípios de Açu, Ipanguaçu, Alto do Rodrigues e Carnaubais. A proposta parte da instalação de uma Unidade Técnica de Referência (UTD) no Campus Ipanguaçu do IFRN. A Unidade será manejada sob o enfoque agroecológico e dará todo o suporte para as atividades de dias de campo, visitas técnicas e intercâmbios sobre a temática. Ações externas de diagnóstico de sistema de produção de banana serão realizadas com a coleta de amostras de solo e água para análise laboratorial e posterior sugestões de ajustes às unidades produtivas. 

Geraldo acrescentou ainda que “o projeto fortalecerá as estruturas laboratoriais de solos e água existentes no Instituto que passarão a ser referência de suporte técnico para a região. Melhorias no monitoramento e aplicação de informações meteorológicas para uma melhor manejo da cultura da banana, em especial, o manejo de irrigação”. A iniciativa atuará com  o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural do RN (Emater/RN) como partícipe, de forma que o projeto alcance capilaridade e aplicabilidade nos diferentes sistemas de produção de banana no Vale do Açu.

Acesse

Edital Fundeci nº 01/2022 - Desenvolvimento Territorial

Resultado Final

Ações do documento

Página em carregamento