Você está aqui: Página Inicial / Campi / João Câmara / Notícias / Publicado edital para seleção de bolsistas do IFSol
Extensão

Publicado edital para seleção de bolsistas do IFSol

28/04/2022 - Alunos interessados podem se inscrever no período de 29/04 a 02/05

Publicado edital para seleção de bolsistas do IFSol

A Coordenação de Extensão do Campus João Câmara do IFRN torna público que realizará entre os dias 28 de abril a 04 de maio de 2022, o processo seletivo para preenchimento de 02 (duas) vagas de bolsa para atuação no Projeto: "Fortalecimento da Comercialização dos Empreendimentos Econômicos Solidários do Rio Grande do Norte através do processo de Incubação e Assessoramento", desenvolvido no âmbito da Incubadora Tecnológica para o Fortalecimento de Empreendimentos Econômicos Solidários (IFSOL) do Campus João Câmara.

As vagas são destinadas exclusivamente aos alunos do curso Técnico em Administração que estejam no 2º ou 3º período da formação. Os interessados podem se inscrever no período de 29 de abril a 02 de maio através deste formulário eletrônico

Durante o preenchimento do formulário, o(a) aluno(a) interessado(a) em concorrer a vaga de bolsista deverá anexar os seguintes documentos: a. Comprovante de matrícula no semestre 2022.1; b. Histórico escolar atualizado e c. Comprovante de experiência em projeto de extensão (se houver). 

Não poderão se inscrever para o processo seletivo de bolsista os alunos com vínculo empregatício de qualquer natureza, ou contrato de estágio em vigência; ou ainda desenvolvendo algum projeto de prática profissional em qualquer instituição de ensino a que esteja vinculado


SOBRE O PROJETO

O projeto “Fortalecimento da comercialização dos Empreendimentos Econômicos Solidários do Rio Grande do Norte através do processo de incubação e assessoramento” objetiva fomentar a comercialização em rede no Rio Grande do Norte para Empreendimentos Econômicos Solidários (EES) integrados por pessoas de comunidades tradicionais, quilombolas e indígenas, em situação de vulnerabilidade. Busca-se, portanto, ampliar os meios de acesso da população às políticas de inclusão social e produtiva cidadã, através da assessoria e incubação a 20 empreendimentos de economia solidária. Entre as ações previstas, além do acompanhamento aos empreendimentos através do diagnóstico e planos de ação, também estão o apoio a locais e canais de comercialização e à formalização desses grupos. Como resultados, espera-se fortalecer a rede de produção, comercialização e consumo solidários, articular ensino, pesquisa e extensão através da realização de formações em economia solidária, bem como fomentar a inclusão produtiva dos grupos de ligados à agricultura familiar, quilombolas, indígenas e artesãos, respeitando a sua realidade local e estimulando a lógica do trabalho associativo e cooperativo.

 

Para mais informações, acesse a Página do Edital

Ações do documento

Página em carregamento