Você está aqui: Página Inicial / Campi / Ipanguaçu / Notícias / Clube de Leitura discute poesia afro-brasileira regional
Extensão

Clube de Leitura discute poesia afro-brasileira regional

04/01/2022 - Encontro recebeu a poetisa santoantoniense Helena Monteiro na noite desta terça-feira (04)

Clube de Leitura discute poesia afro-brasileira regional

Registro do encontro do Clube de Leitura (04/01/2022)

Na noite desta terça-feira (04), o Clube de Leitura do Campus Ipanguaçu realizou novo encontro virtual para diálogo literário, tendo como temática "A Poesia Afro-Brasileira de Helena Monteiro", contando com a presença da poetisa que deu nome ao momento. O Clube de Leitura integra as ações do campus através do projeto de extensão de mesmo nome, coordenado pelo professor Francisco Humberlan.

O encontro teve como interlocutoras as alunas Ana Luiza (Agroecologia/IFRN), Ana Clara (Agroecologia/IFRN) e as professoras Marília Angélica (IFRN/IP) e Ângela Rezende (UERN), que apresentaram suas análises sobre as poesias de Helena com os demais participantes e a autora. As poesias apreciadas pelo grupo foram "Braceletes", "Batuque das Senzalas", "Nasci Negra", "Raízes ancestrais" e "Reverência", que carregam experiências da autora, as vivências da descendência afro-brasileira e expressam a resistência do grupo étnico contra o seu apagamento. A professora Marília descreve o encontro: "Foi, a um só tempo, um prazer e uma honra poder compartilhar nossa percepção acerca da poética da escritora Helena Monteiro, mulher negra potiguar que tem se engajado, por meio de sua produção literária, na luta contra o preconceito e a desigualdade racial. Sua poesia remete à ancestralidade, mostrando a resistência do povo negro, e nos emociona pela força e pela sensibilidade das palavras, dos sons e das imagens evocadas". Os textos estão disponíveis no link: https://drive.google.com/file/d/1Iyge315ssRhpvx4-Wo0lG-NjBP9lDDTc/view?usp=sharing.

A noite foi recheada de falas e depoimentos emocionados, motivados pelas percepções sobre a poesia de Monteiro, transitando pelas experiências pessoais dos ouvintes, anti-racismo e protagonismo feminino, na literatura e na vida. Para a aluna Ana Luiza, "participar do Clube de Leitura falando sobre as poesias de Helena Monteiro e ter a presença da autora, foi algo emocionante", caracterizando o momento como "de sensibilidade com as vivências, o orgulho e os desafios do povo negro através do olhar de Helena. Sem dúvidas uma experiência incrível."

Sobre Helena Monteiro

Maria Helena da Silva Lima, conhecida como Helena Monteiro, nasceu em 29 de junho de 1968 na cidade de Santo Antônio, município do agreste potiguar, morando atualmente na cidade de Natal. É poeta, contista, documentarista, pesquisadora, graduada em  Letras e Psicologia pela UFRN e pós graduada em Saúde Pública (UVA-CE). Também é sócia fundadora e efetiva da Academia de Letras e Artes do Agreste potiguar, contando com a publicação de 8 livros e tendo participações em diversas antologias.

Pesquisa e Extensão

Destaca-se que o momento com a autora santoantoniense foi possível graças ao encontro com seus escritos através do projeto de pesquisa "O negro como dissonante na literatura potiguar contemporânea", também coordenado pelo professor Francisco, e que teve por objetivo analisar a imagem construída do negro no âmbito da escrita literária regional, revelando e destacando autores locais.

O projeto de extensão "Clube de Leitura do Campus Ipanguaçu" conta com o envolvimento da comunidade nos seus encontros quinzenais nas noites de terça-feira, às 19h, virtualmente pelo Google Meet. Para acompanhar as ações do Clube, acesse a página do Instagram @clubedeleituraifrnip .

Ações do documento

Página em carregamento