Portal IFRN

Educação, Ciência, Cultura e Tecnologia em todo o Rio Grande do Norte

Oportunidade

Mulheres Mil: IFRN abre mil vagas para mulheres em situação de vulnerabilidade social

Vagas e requisitos para participar estão disponíveis nos editais específicos de cada Campus

Publicada por Giovanna Alves em 08/03/2024 Atualizada há 3 meses, 2 semanas

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) oferta, em 2024, um total de mil vagas, distribuídas entre 22 campi, para o Programa Mulheres Mil. A iniciativa oferece formação abrangente para mulheres em vulnerabilidade social através de cursos gratuitos de qualificação profissional em diversas áreas, utilizando toda a estrutura da instituição.

Os cursos disponíveis, em seus respectivos campi, são:

CAMPUS CURSO VAGAS INSCRIÇÕES
Apodi Produtora de Derivados de Leite 22 4 a 8/3
Caicó Vendedora 22 Matrícula
Canguaretama Agente de Desenvolvimento Cooperativista 22 13 a 20/3
Ceará-Mirim Cuidadora da Pessoa Idosa 22 5 a 8/3
Currais Novos Produtora de Derivados do Leite 22 Matrícula
Ipanguaçu Artesã de Biojoias 22 Ainda
sem edital
- previsão
primeiro
semestre
João Câmara Assistente Administrativo 22 26/2 a 1/3
Jucurutu Vendedora 22 11 a 15/3
Lajes Espanhol Básico 22 Ainda
sem edital
-
Inscrições
previstas
para a
segunda
quinzena
de março
Macau Operadora de Computadores 22 4 a 8/3
Mossoró Operadora de Computadores 22 13 a 19/3
Natal-Central Cuidador de Pessoa Idosa 76 11 a 14/3
Natal-Centro Histórico Espanhol Básico 22
Natal-Zona Leste Assistente Administrativo 22 Matrícula
Natal-Zona Norte Vendedora 22 27/2 a 4/3
Matrícula
Nova Cruz Assistente Administrativo 22 Em fase
de
matrícula
Parelhas Vendedora 22 7 a 13/3
Parnamirim Operadora de Computadores 22 1 a 8/3
Pau dos Ferros Costureira de Máquina Reta e Overloque 22 11 a 13/3
Santa Cruz Vendedora 22 1 a 4/3
São Gonçalo do Amarante Vendedora 22 Previsão
de
inscriçõe
s em abril
São Paulo do Potengi Eletricista predial 22 26/2 a 1/3

Os Cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC) serão ofertados em todos os campi da instituição no primeiro e segundo semestres deste ano. As vagas e os requisitos para participar estarão disponíveis nos editais específicos de cada Campus e podem ser encontrados na página dos campi do Portal IFRN.

Inclusão educacional

Para a professora Luciana Rabelo, que coordena o projeto em âmbito sistêmico, o Programa Mulheres Mil tem o objetivo de compor uma série de iniciativas vinculadas ao Bolsa Formação, e busca consolidar as Políticas Públicas governamentais de inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade social: “As mulheres passam por experiências transformadoras, promovendo não apenas a oportunidade de se qualificar profissionalmente, mas também diversos outros impactos, como a descoberta da cidadania, a melhora das relações familiares, o resgate da autoestima e o retorno às atividades escolares”, disse.

Mulheres Mil

O Programa, instituído pela Portaria nº 1.015, de 21 de julho de 2011, faz parte de um conjunto de ações que visam à consolidação das políticas públicas e diretrizes governamentais de inclusão educacional, social e produtiva de mulheres em situação de vulnerabilidade. Além disso, funciona como uma porta para o mundo do trabalho e um retorno ao mundo educacional onde muitas mulheres também optam por seguir no mundo acadêmico.

As participantes têm acesso a uma formação completa, que inclui capacitação profissional em áreas com alta demanda no mercado de trabalho, aulas de cidadania, direitos da mulher e outros temas relevantes para o empoderamento feminino, além de bolsa-auxílio para o custeio de transporte e alimentação, e utilização de toda a estrutura do IFRN, que conta com laboratórios, bibliotecas e acesso à internet.

Acesse:

Palavras-chave:
Permanência
Mulheres Mil

Notícias relacionadas