Portal IFRN

Educação, Ciência, Cultura e Tecnologia em todo o Rio Grande do Norte

Educação a distância

IFRN participa de colóquio voltado à educação a distância

Qualidade do ensino é destaque em evento

Publicada por Habyner Lima em 22/02/2024 Atualizada há 3 meses, 3 semanas

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) participou do Colóquio “Repensando a Concessão de Bolsas no Sistema UAB”, evento realizado entre os dias 21 e 22 de fevereiro, na sede da Fundação, em Brasília. A atividade discutiu possíveis ajustes nas regras de concessão de bolsas pela Universidade Aberta do Brasil (UAB) e o fortalecimento da educação a distância no Brasil.

A instituição contou com a representação de Edneide Bezerra, coordenadora-geral da Universidade Aberta do Brasil no IFRN, a servidora ressaltou a atuação do IFRN: “Foi o nosso primeiro momento com a nova gestão da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que assumiu há menos de duas semanas. Foi muito importante esse momento, porque vimos o comprometimento com educação à distância pública de qualidade. A educação do IFRN está em constante crescimento, especialmente a educação à distância do Instituto, que hoje é nota cinco. A expectativa é que a gente possa se fortalecer nacionalmente, enquanto estado e enquanto instituição”, afirmou a servidora.

Participaram do Colóquio os representantes do Fórum Nacional de Coordenadores UAB (ForUAB-Ipes), do Fórum Nacional de Coordenadores de Polos UAB (ForUAB-Polos) e da (Capes).

Sistema Universidade Aberta do Brasil

O Sistema UAB é a principal ação indutora do EaD no governo federal. Nele, estudantes dos rincões do País têm acesso a cursos de instituições de ensino superior na modalidade a distância, com atendimento presencial nos mais de 890 polos distribuídos pelo Brasil. permitindo que instituições públicas de ensino superior levem cursos de qualidade, oferecidos na modalidade de educação a distância, a locais isolados do País, a partir da parceria governamental nas esferas federal, estadual e municipal. Seu propósito é contribuir para a Política Nacional de Formação de Professores, do Ministério da Educação, por isso, as ofertas são prioritariamente voltadas para a formação inicial de professores da Educação Básica. Atualmente, 70% das vagas vão para a formação inicial e continuada de professores e 30% para cursos na área de administração pública e desenvolvimento econômico, social e regional.

Palavras-chave:
ead
capes

Notícias relacionadas