Portal IFRN

Educação, Ciência, Cultura e Tecnologia em todo o Rio Grande do Norte

Internacionalização

Em mobilidade internacional, estudantes do IFRN embarcam para Portugal

Os estudantes irão cursar um semestre letivo em Institutos Superiores Politécnicos

Publicada por Luciano Silva em 08/02/2024 Atualizada há 2 semanas, 6 dias

Entre os dias 4 e 16 de fevereiro, seis estudantes do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) embarcam para Portugal, em Mobilidade Internacional Discente, para cursar um semestre letivo em Institutos Superiores Politécnicos.

A ação, fomentada pelo Edital nº 4/2023 da Diretoria Sistêmica de Internacionalização (Dint/IFRN), busca ampliar a participação do IFRN no contexto internacional, por meio do estímulo à Mobilidade Internacional Acadêmica Discente, prevista no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI).

Os estudantes que irão realizar o intercâmbio em terras portuguesas são: Andressa Lima (Campus Parnamirim), Ana Heloíza Silva (Campus Natal-Central), David Carvalho (Campus Canguaretama), Janine Pereira (Campus Ipanguaçu), Luigi Lima (Campus Currais Novos) e Philipe França (Campus Natal-Zona Norte).

Philipe França foi o primeiro a embarcar para Portugal, no dia 4 de fevereiro, e está confiante para a nova experiência: "Como é tudo muito novo para mim, estou indo de mente aberta e tranquila para absorver o máximo de informações possíveis e conseguir aproveitar bastante".

Em-mobilidade-internacional,-estudantes-do-IFRN-embarcam-para-Portugal2

A estudante Andressa Lima embarcou na última terça-feira, 6 de fevereiro, e afirma: "É difícil pôr em palavras quais são nossas expectativas para essa experiência, uma vez que é a nossa primeira [mobilidade internacional]. Mas, sabemos que, com certeza, sairemos dela bem diferentes. Acho que o que eu mais espero é isso: que sejamos pessoas melhores, melhores profissionais; que possamos ter mais conhecimento sobre formas de ajudar a nossa comunidade a partir do conhecimento adquirido por meio da interação com essa nova cultura".

Ana Heloíza, que também embarcou na sexta-feira, acredita que o intercâmbio irá lhe agregar de forma profissional e pessoalmente. “Minha expectativa é de descobertas", declara. Luigi Lima também saiu em direção ao país europeu no dia 6 de fevereiro. "Estou ansioso e animado para conhecer a cultura portuguesa, entender melhor sobre suas tradições, pois isso irá somar muito à minha vida".

Em-mobilidade-internacional,-estudantes-do-IFRN-embarcam-para-Portugal1

A diretora sistêmica de Internacionalização do IFRN em exercício, professora Maraísa Alves, destaca a importância e o impacto que a Mobilidade Internacional Discente gera na vida dos estudantes, dos famílias e da comunidade: "Essa oportunidade propicia aos estudantes romper fronteiras, tanto acadêmicas quanto sociais, resultando em um impacto significativo na vida deles e de suas famílias. É um novo mundo que se abre para eles, a partir da vivência com outras culturas, com a diversidade e com a possibilidade de perceber outros olhares sobre a vida. Essa experiência contribuirá, de modo significativo, na formação de cidadãos globais críticos e conscientes do impacto de suas ações no mundo".