Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Cidade Alta / Notícias / Conheça o curso de Gestão Desportiva e de Lazer
Sisu 2022

Conheça o curso de Gestão Desportiva e de Lazer

16/02/2022 - Curso é ofertado pelo Campus Natal - Cidade Alta e forma profissionais que atuem na implementação e gerenciamento de políticas, programas e ações de esporte e lazer

Conheça o curso de Gestão Desportiva e de Lazer

Por Ramon Soares

Encarando o esporte e o lazer como ferramentas essenciais à vida em sociedade, o Curso Superior em Gestão Desportiva e de Lazer busca formar profissionais que desenvolvam, implementem e gerenciem políticas, programas e ações de esporte e lazer. Para além do que já se estuda, a graduação promove competência técnica e compromisso ético, objetivando igualdade e justiça social para todos.

O curso motiva o empreendedorismo discente, através do desenvolvimento de projetos voltados à criação de empresas que promovam atividades de lazer e eventos esportivos, e constrói o caráter profissional de cada graduanda e graduando a partir de visões que transformam realidades dos diferentes segmentos sociais.

A duração do curso é de seis períodos, divididos em três anos, e é ofertado pelo Campus Natal - Cidade Alta. Em sua grade curricular constam disciplinas como Organização de Eventos e Legislação Esportiva, Captação de Recursos, Metodologia Comunitária, Práticas Corporais no Lazer, Gestão da Qualidade em Empresas de Lazer, Festa e Ludicidade, Pedagogia do Esporte e do Lazer e Práticas Lúdicas.

Formação profissional

Augusto Ribeiro Dantas, coordenador e professor da graduação, acredita que o curso é importante por promover qualificação técnica aos profissionais que atuam na garantia dos direitos básicos ao Esporte e ao Lazer. Dantas declara, ainda, que o curso proporciona ao mercado de trabalho “um profissional capaz de executar, avaliar e pensar projetos de forma científica”.

Segundo o Projeto Pedagógico do Curso, “o profissional egresso do Curso Superior de Tecnologia em Gestão Desportiva e de Lazer deve ser capaz de processar informações, ter senso crítico e ser capaz de impulsionar o desenvolvimento econômico da região, integrando formação técnica à cidadania”, reforçando o papel social do IFRN de formar profissionais capacitados e compromissados com a sociedade.

Ações do documento

Página em carregamento