Portal IFRN

Educação, Ciência, Cultura e Tecnologia em todo o Rio Grande do Norte

Internacionalização

Trabalhos do Campus foram apresentados na FAUBAI Conference 2024

Participação também incluiu plenárias e reuniões

Publicada por Sara Gomes em 30/04/2024 Atualizada há 1 mês, 2 semanas

Dois trabalhos do Grupo de Estudos e Trabalhos para a Internacionalização (GINTER) foram apresentados entre 20 a 24 de abril, em São Paulo, na FAUBAI Conference 2024, considerado o maior evento da América Latina sobre internacionalização da educação superior.

O primeiro trabalho detalhou a trajetória do GINTER, desde a capacitação de servidores em 2021 até os resultados de cerca de 60 ações nos primeiros três anos de ativação. Antes dessa apresentação, o GINTER já havia sido reconhecido como experiência exitosa no II Simpósio de Internacionalização do IFRN em 2022 e 47ª Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições de Educação Profissional e Tecnológica (REDITEC) em 2023.

Já o segundo trabalho apresentou uma abordagem chamada de zona de influência da internacionalização que favorece a catalogação e análise de correlações entre ações desenvolvidas para direcionar ações futuras e enriquecer a cultura de internacionalização. Os trabalhos foram elaborados em coautoria com a professora Keila Moreira, do Campus Natal-Zona Norte, e o professor Marcelo Camilo, do Campus Natal-Central, que levaram em conta as ações prévias dos demais membros do GINTER formado atualmente por professores e estudantes dos campi Canguaretama, Natal-Zona Norte, Natal-Central e Natal-Centro Histórico.

Segundo o professor Helber Silva, coautor e assessor de relações internacionais do Campus Canguaretama, “os dois trabalhos foram bem recebidos por professores e gestores que assistiram às sessões, gerando convites para parcerias e participação na Regional Nordeste da FAUBAI”. A participação do assessor no evento foi viabilizada por meio de auxílio financeiro parcial do Campus.

Sobre o GINTER

O GINTER é um coletivo de estudantes e professores com a intencionalidade de dinamizar a internacionalização na formação acadêmica de estudantes e no fazer de servidores, por meio da sistematização de ações de internacionalização multidisciplinares, articuladas entre si e transversais a ensino, pesquisa, e extensão, com a colaboração da gestão do Campus, e em sintonia com as diretrizes das relações internacionais do IFRN e da rede federal.

O grupo foi institucionalizado via portaria da Direção-Geral do Campus Canguaretama, e atualmente conta com professores dos campi Canguaretama, Natal-Zona Norte, Natal-Central e Natal-Centro Histórico, além de estudantes de cursos técnicos de nível médio e de graduação. O GINTER já desenvolveu cerca de 60 ações de internacionalização desde sua ativação em março de 2021.