Você está aqui: Página Inicial / Campi / São Gonçalo do Amarante / Notícias / Mini-Festival “Vero da Arte” empolga plateia no teatro municipal
Cultura

Mini-Festival “Vero da Arte” empolga plateia no teatro municipal

12/09/2014 - Peças foram produzidas e encenadas por alunos do Campus

Mini-Festival “Vero da Arte” empolga plateia no teatro municipal

Alunos interpretando a comédia Minha Mãe é uma Peça

Talento, dedicação e criatividade. Essas palavras resumem o que foi apresentado nesta quinta-feira (11), no palco do Teatro Municipal Poti Cavalcanti. O I Mini-Festival “Vero da Arte” foi assistido por um público que lotou as dependências da casa, das cadeiras aos corredores, e prestigiou a apresentação de quatro peças produzidas por alunos do Campus São Gonçalo do Amarante.

Ficou evidente o empenho dos grupos em fazer um espetáculo de qualidade. Os estudantes dos segundos anos dos cursos integrados de Edificações e Logística foram responsáveis por toda a produção de cada peça, desde o figurino ao roteiro, da cenografia à iluminação e sonoplastia. Tudo foi pensado em cada detalhe e o êxito do resultado final traduziu-se nos aplausos recebidos após cada apresentação.

O festival foi aberto pela comédia Minha Mãe é uma Peça (Edificações 2M), adaptação da peça e filme homônimos, que conta de forma bem-humorada as dificuldades cotidianas da dona de casa Hermínia, mãe solteira de dois adolescentes. Em seguida, foi apresentada Qualquer Gato Vira-lata (Edificações 2M), baseada em comédia romântica nacional sobre os conflitos de uma jovem e seu namorado, intermediados por um professor de Biologia especialista em comportamento animal.

A segunda metade do “Vero da Arte” foi composta por dois dramas. Ser Tão Só (Edificações 2V) é uma produção original dos alunos que conta a história de um sertanejo que parte em busca da prosperidade na cidade grande. As decepções, preconceitos e humilhações sofridos fazem com que o personagem retorne à terra natal com o sentimento que seu maior tesouro é a família. Encerrando o evento, Café Preto (Logística 2M), adaptação de peça da renomada escritora Agatha Christie, levou ao público um romance policial que gira em torno do roubo de uma fórmula secreta e o misterioso falecimento de seu autor, um cientista inglês.

Ao final das performances, a empolgação do público comprovou que o I Mini-Festival “Vero da Arte” é um evento para se consolidar no calendário cultural do IFRN-SGA. Em rede social, o professor Leandro Cavalcante, coordenador do festival, ressaltou o trabalho desenvolvido pelos alunos. “Fiquei muito feliz com o momento e mais ainda em saber que tudo foi resultado de muito trabalho, dedicação e empenho, em especial, destes companheiros de pesquisa chamados estudantes”, destacou.

Veja mais fotos na fan page: www.facebook.com/ifrnsga

Ações do documento

Página em carregamento