Você está aqui: Página Inicial / Campi / São Paulo do Potengi / Notícias / IFRN lança novo edital para processo seletivo
Edital 2016.2

IFRN lança novo edital para processo seletivo

03/06/2016 - São mais de 1.300 vagas. Inscrições seguem até 20 de junho

IFRN lança novo edital para processo seletivo

Subsequente: inscrições abertas

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) lançou nesta quinta-feira, 2 de junho, editais de processos seletivos para cursos técnicos subsequentes (Edital 13/2016) e ProEJA . São ofertadas 1288 vagas para os cursos técnicos subsequentes de 17 campi do Instituto e 40 vagas para o curso técnico integrado ProEJA em Edificações do Campus Mossoró. O Campus São Paulo do Potengi terá mais uma turma do Curso Subsequente em Edificações.

Os interessados devem se inscrever no período de 6 de junho, a partir das 14h, a 20 de junho, no portal do candidato. A inscrição exige o pagamento de uma taxa de inscrição de R$ 20, que deve ser feita até o dia 21 de junho, em qualquer agência bancária. Estudantes com renda familiar baixa que comprovem inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) podem solicitar a isenção do pagamento da taxa no período de 6 a 9 de junho, através do portal do candidato.

O processo seletivo para os cursos técnicos subsequentes é composto por uma prova objetiva de Português e Matemática e uma redação. A avaliação será aplicada no dia 17 de julho, das 8h às 12h. O local será informado através do cartão de inscrição, que deve ser acessado a partir do dia 8 julho, no portal do candidato.

O que é o Curso Técnico subsequente?

Curso profissionalizante ofertado para estudantes que já tenham concluído o ensino médio. Em geral, tem 2 anos de duração.

Para Edilson Paulo, ex-aluno do Subsequente em Edificações (agora cursando Tecnologia da Informação na UFRN), o curso possibilita ao aluno a interpretação e desenho de construções devido ao fato do curso abordar diversas linhas de conhecimento, como construção civil e arquitetura, seja uma simples planta, e até mesmo a escolha correta dos melhores materiais de construção para finalidades específicas." Já Hans Silva, recém-formado no curso, define a experiência como "cheia de emoções e 'aventuras', onde o aprendizado foi dado de forma diferenciada e animada". Já Valeska Lourena diz que sempre soube que queria a área de construção civil, e o curso de edificações foi bastante importante para eu ter certeza disso. Sobre a estrutura oferecida, a aluna deu especial destaque aos docentes: são ótimos, capacitados e de fácil diálogo

Para Evilane Farias, professora de Materiais, Estabilidade e Mecânica dos solos e queridinha dos alunos do curso, é uma oportunidade para quem já terminou o ensino médio e busca novas opções de se inserir no mercado de trabalho. Ela ressalta que: "Aqui, os estudantes vão ter suporte técnico qualificado, estrutura adequada e profissionais dedicados. É, ainda, uma chance de aperfeiçoamento àqueles que já trabalham na área, mas não tem a fundamentação teórica." Já Ricardo Marques, coordenador do curso, lembra que o curso tem um pouco de sonho: "Quem nunca pensou, por exemplo, em ter um lugar para chamar de seu? E sendo esse lugar pensado e concebido por um profissional capacitado, gabaritado, formado com o que temos de melhor: corpo docente especializado, infraestrutura, etc.?".

Para mais informações ou dúvidas,

Acesse:

Edital 13/2016 - cursos técnicos subsequentes

Portal do Candidato

Ações do documento

Página em carregamento