Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Turma do IFRN é vencedora na Olimpíada de Língua Portuguesa
Campus São Gonçalo do Amarante

Turma do IFRN é vencedora na Olimpíada de Língua Portuguesa

17/12/2021 - Premiação aconteceu no dia 10 de dezembro

Turma do IFRN é vencedora na Olimpíada de Língua Portuguesa

Tuma do curso de edificações vencedora na categoria documentário

Uma equipe: a professora Mylenna Vieira e turma do 2° ano do Curso de Edificações do Campus São Gonçalo do Amarante do IFRN;

Uma competição : 7a Olimpíada de Língua Portuguesa (OLP) da Cenpec/Itaú Cultural;

Um desafio: aliar o ensino-aprendizagem de estudantes com a realização de um documentário;

Um resultado: Vitória e premiação, na categoria Documentário, com as obras: "Martírio pela Fé" e "Coronavírus: O caos microscópico". 

Trajetória e dedicação 

"Nos deparamos com muitas indagações e questionamentos. Através de bastante planejamento, organização, disciplina e treino, construímos os documentários, que para essa equipe até então era algo distante, visto apenas pelas telas", explicou Mylenna. Para ela, que já havia sido finalista da OLP em 2016 na categoria crônica, as dificuldades de um período pandêmico e o pouco tempo para a realização dos documentários não os fizeram parar de acreditar que daria certo: "Precisava me motivar, esse sentimento aumentava à medida que ia refletindo sobre o gênero e, ao mesmo tempo, planejava metodologias pedagógicas, as quais favorecessem uma melhor aprendizagem. Após leituras e anotações, tracei como foco principal de meu planejamento o estudo da sequencia narrativa. Esses estudantes, colegas de equipe, e eu, percebemos que Documentários possibilitam diferentes formas de ver, de sentir e de ser no mundo. Indaguei à turma quais documentários já haviam assistido. As repostas apresentadas mostravam uma tendência aos relacionados, principalmente, a questões históricas e sociais. Pressupus que essas poderiam ser as vertentes que abordariam em suas produções, como de fato, foi", ressalta a docente.

No desenrolar das etapas de trabalho para a realização do projeto, a professora e sua turma se depararam com doze obras. Esse caminho, "embora tenha sido um processo exaustivo, foi inspirador e positivo" disse Myllena. Esses sentimentos compõem o relato o aluno Paulo Eduardo: "A produção da sinopse, argumento e roteiro demandou muito trabalho e esforço e, em alguns momentos, chegou a ser cansativa. Porém, a maior parte da produção e edição do documentário foi maravilhosamente divertida, era a escrita em movimento com som e imagem", conta.

Cronologia 

As atividades foram planejadas e realizadas nos meses de junho e julho. No dia 5 de agosto, a produção do Relato de prática (registro e reflexão sobre a prática, o percurso de ensino e aprendizagem), a Linha do tempo (escolha de dois documentários e suas respectivas produções escritas, que representem a turma) , sendo esses dois o "Martírio pela fé" e Coronavírus: um caos microscópico", e o Álbum da turma (registro de um momento expressivo) foram enviados para a Comissão Escolar. Esta, no período de 6 a 16 de agosto, definiu que a turma de Edificações atendeu melhor os critérios avaliativos apresentados pela OLP.

Posteriormente, as produções da turma de Edificações avançaram para a Municipal, que ocorreu entre os dias 20 a 31 de agosto. Seguindo para a Etapa Estadual, concorreram, com mais vinte e nove trabalhos inscritos na categoria documentário de diferentes municípios do estado potiguar e sendo o único de dependência administrativa federal. 

Já na Etapa Nacional, a Comissão Julgadora selecionou docentes e turmas vencedoras. A divulgação dos nomes das equipes que venceram foi realizada durante a cerimônia de encerramento do concurso, que ocorreu em 10 de dezembro.

Sinopses

"Martírio pela Fé" 

O documentário retrata o morticínio sofrido por católicos potiguares, em meados do século XVII, no cenário das invasões holandesas à Capitania do Rio Grande, mostrando os detalhes do massacre, em forma de imagens, vídeos e trechos da peça “Cantata para os santos Mártires”. Também são exibidos trechos da entrevista realizada por Mateus Souza, do Canal São Braz, com o padre André de Melo. A história relatada no curta-metragem se passa no Santuário dos Mártires de Uruaçu e tem como destaque personagens como o padre Ambrósio Francisco Ferro e o camponês Mateus Moreira, os quais, no momento de morte, não renunciaram ao seu credo, passando, com isso, a mensagem do real significado da fé cristã.

"Coronavírus: O caos microscópico"

O documentário retrata as dificuldades enfrentadas por comerciantes das ruas natalenses diante do contexto de pandemia. Por meio de uma série de entrevistas com essas pessoas (da área estética humana e confeitaria), o curta-matragem tem como objetivo apresentar a realidade da vida e a capacidade de reinvenção de trabalhadoras e trabalhadores da cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte, levando-nos a refletir sobre o quão difícil está sendo sobreviver diante da maior pandemia do século XXI.

Sobre a Olímpiada

A Olímpiada de Língua Portuguesa reconhece o trabalho de docentes e estudantes do 5° ano do Ensino Fundamental a 3ª série do Ensino Médio de escolas públicas. O Concurso é uma iniciativa do Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). 

Nessa edição, devido ao contexto pandêmico, a Olímpiada teve um formato diferente. Para avaliação das comissões, o concurso legitimou como protagonistas a pessoa docente e a sua turma de estudantes. "Dessa forma, a atenção não foi direcionada mais a um trabalho específico, e sim a integração da escrita docente com os trabalhos produzidos por estudantes em todo o processo até chegar ao produto final, tendo como representatividade duas produções por turma", descreve a página do evento. Em 2021, a OLP teve aproximadamente 60 mil inscrições, divididas entre 27.847 escolas localizadas em 3.877 municípios do país.

Acesse

Portal da Olímpiada 

Cerimonia de reconhecimento aos vencedores - Canal do YouTube

Documentários e Relato de prática 

Ações do documento

Página em carregamento