Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Proex recebe participantes do Projeto Rondon 2020
EXTENSÃO

Proex recebe participantes do Projeto Rondon 2020

10/02/2020 - A edição deste ano será no semiárido da Bahia na cidade do Sítio do Quinto

Proex recebe participantes do Projeto Rondon 2020

Iaçonara Albuquerque, Jairo Rodrigues, Amanda virgínia, Natália Pinheiro, Chaiany Barbosa, Leonardo Rodrigues, Halysson Henrique, Pedro Canísio, Edilma barreto e Márcia Beatriz participarão do Projeto Rondon 2020

Na última quinta-feira (6), a Pró-Reitoria de Extensão (Proex) reuniu-se com alunos e servidores que participarão do Projeto Rondon 2020. O projeto voluntário é uma ação interministerial do Governo Federal realizada em parceria com as Instituições de Ensino Superior (IES). 

As IES interessadas têm de participar de um processo seletivo com propostas de trabalho submetidas à Comissão de Avaliação de Propostas de Trabalho do Projeto Rondon (CAPPR), que avalia e seleciona os melhores trabalhos nas áreas de Cultura, Direitos Humanos e Justiça, Educação e Saúde, Comunicação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente e Trabalho. Após a análise e seleção, a Coordenação-Geral do Projeto Rondon divulgou a relação das selecionadas: o IFRN obteve a 4° colocação geral do país.

Projeto cooperativo

Iaçonara Miranda de Albuquerque, professora do Campus Natal-Central e coordenadora do projeto no IFRN, esteve na Pró-Reitoria de Extensão, junto com os oito alunos que irão em missão para o local de trabalho, a cidade do Sítio do Quinto, Semiárido da Bahia. Na ocasião, o grupo debateu sobre os próximos passos, como a organização de minicursos e palestras que serão contabilizados para os alunos como atividade de extensão e capacitação.  

Na reunião, os estudantes que participarão do evento fizeram o relato de suas expectativas, como Edilma Barreto, do curso de Tecnologia em Construção de Edifícios: “O [Projeto] Rondon vem para agregar ao meu aprendizado como cidadã, estou finalizando o curso e gostaria de dar um retorno do meu conhecimento para a sociedade, lá terei troca de experiências e irei aprender o que não teria oportunidade na sala de aula”, disse.

Diferentes realidades

Antes da ida do grupo, Iaçonara Albuquerque seguirá à região: "Em março haverá uma viagem precursora, com o propósito de conhecer os interlocutores do município, ajustar a proposta de trabalho e definir o cronograma de atividades com o município para que, em julho, possamos seguir com um roteiro mais próximo da realidade”, declarou. Para a professora, a importância de o Instituto participar do Projeto Rondon está no fato de serem ações fundamentais da Extensão, pois o "ideal é proporcionar aos alunos a participação em projetos que permitam contato com diferentes realidades, em que eles irão encontrar equipes de toda parte do país, vivenciando um choque cultural, lidarão com conflitos e gerenciamento de problemas... Com a finalização da missão, eles poderão fazer produções científicas e participar de congressos apresentando os resultados obtidos no Projeto”, disse Iaçonara Albuquerque. 

O projeto e as propostas de ações 

O Projeto Rondon é uma iniciativa que, reconhecida pelo Ministério da Educação, visa a somar esforços com as lideranças comunitárias e com a população de regiões menos assistidas do Brasil, a fim de contribuir com o desenvolvimento local sustentável e com a construção e promoção da cidadania. Nesta edição, as ações acontecerão entre julho e agosto de 2020, através da Operação Portal do Sertão, que será desenvolvida em dezesseis municípios da Bahia. o Intuito geral é capacitar agentes multiplicadores (da comunidade local) e servidores municipais em áreas multidisciplinares, relacionadas à Comunicação, Tecnologia e Produção, Meio Ambiente e Trabalho, contribuindo com ações sociais em diferentes dimensões.

Com base no diagnóstico realizado, a Equipe do IFRN formulou propostas de ações, relacionadas a um processo educativo, devendo centrar seu foco em torno das situações concretas vividas pelos diferentes setores sociais. A seguir confira os temas e atividades previstas: 

COMUNICAÇÃO Capacitação da utilização das mídias sociais na promoção aos municípios e implantação de cinema ao ar livre;
TECNOLOGIA E PRODUÇÃO Oficinas de luz com garrafa PET, Uso da tecnologia na terceira idade, Sabão feito a partir da reutilização de óleo de cozinha, Construção coletiva de memorial com fotos da cidade;
MEIO AMBIENTE Oficinas de aproveitamento integral de alimentos; Criação de cisterna caseira para o reusa de água da chuva;Revitalização de locais públicos com utilização de materiais reciclados ; Palestra sobre saneamento, fossa séptica e semiduro; Gincana ecológica 
TRABALHO Capacitação: curso de qualificação profissional, Minicurso sobre noção de empreendedorismo e palestras: conhecendo práticas leitoras da comunidade.

Ações do documento

Página em carregamento