Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Presidentes do Conselho Superior prestam homenagem aos 112 anos do IFRN
Consup

Presidentes do Conselho Superior prestam homenagem aos 112 anos do IFRN

24/09/2021 - Solenidade aconteceu durante reunião desta sexta (24). Conselheiros receberam certificado de deferência

Presidentes do Conselho Superior prestam homenagem aos 112 anos do IFRN

A reunião do Conselho Superior do IFRN (Consup/IFRN) desta sexta-feira (24) começou de uma maneira especial: com homenagem aos 112 anos da Instituição, prestada pelos presidentes do Conselho. As homenagens foram estendidas aos presidentes e às conselheiras e aos conselheiros. O momento foi promovido pelo Núcleo para Fortalecimento da Imagem Institucional do IFRN, coordenado pela redatora Patrícia Mesquita, da Assessoria de Comunicação Social e Eventos (Asce/IFRN).

A secretária do Consup/IFRN, a servidora Carol Helena de Góis, foi responsável pelo cerimonial da ocasião, que contou com o relato da história do IFRN, fala dos presidentes do Conselho e menção ao certificado de deferência entregue aos conselheiros das duas últimas formações: 2019 a 2021 e 2021 a 2023. 

A solenidade precedeu a reunião que debateu, durante todo o dia, a minuta das diretrizes pedagógicas ao retorno do ensino misto provisório. Durante o cerimonial, foram registrados os nomes de todos os servidores que já presidiram o conselho: professor Luiz Carlos Abbott Galvão (In Memorian); professor Vauban Bezerra De Farias (In Memorian); Arnaldo Arsênio De Azevedo (In Memorian); professor Marcondes Mundim Guimarães; professora Luzia Vieira De França; professor Francisco Das Chagas de Mariz Fernandes; professor Getúlio Marques Ferreira; professor Sérgio Luiz Alves De França; professor Belchior De Oliveira Rocha; professor Wyllys Abel Farkatt Tabosa; professor José Arnóbio De Araújo Filho.

Os discursos tiveram início pelo professor Fellipe Aleixo, do Campus Natal-Central, representando as conselheiras e os conselheiros. “Começo saudando os nossos eternos comandantes, como também todos os servidores e alunos que formam esta casa. Momento importante para resgatar os valores institucionais que tanto nos esforçamos para resguardar e buscar caminhos profícuos para nossa instituição, que enfrenta tantos desafios”, declarou.

Confira trechos dos discursos dos presidentes do Conselho presentes à solenidade:

“Estamos em festa. Momento ímpar de indizível felicidade. Um dia de júbilo e ação de graças para todos nós. Como é gratificante olharmos para trás e dizer: Deus conduziu esta fantástica história, unindo num mesmo ideal tantas pessoas comprometidas com a vida, com o outro.” 

Marcondes Mundim Guimarães

“A instituição precisa chegar aos 113, aos seus 120 com a mesma força de vontade, com a mesma juventude que tem hoje e superando as dificuldades. [...] Muitas vezes nós nos limitamos no poder de transformação que nós temos, nós como professores, nós como gestores. A minha fala é no sentido de que não se limitem. Os senhores gestores, os senhores alunos, precisamos mais, nesse momento mesmo, ser mais fortes, é ter mais coragem, é querer mais.”

Francisco das Chagas Mariz Fernandes  

“A reflexão vem em cima de uma pergunta aos conselheiros, a todos: vocês têm ideia de o porquê dessa instituição chegar a essa idade, 112 anos? O porquê disso, qual é a essência disso? Essa pergunta leva a uma resposta que ela é única, que ela é convergente. Essa Instituição conseguiu sobreviver todo esse tempo porque ela teve a capacidade de ler cenários, de compreender contextos e conseguiu se adaptar, conseguiu se estruturar a esses novos cenários que foram surgindo ao longo da história”

Sérgio França 

“Isso tudo só é possível graças a um fator fundamental: as pessoas que fizeram, fazem e que farão essa Instituição nos próximos anos. Certamente outros virão para continuar construindo essa obra que é inacabada. Toda escola, Mariz sempre falava isso, que diz que não tem mudança, que está pronta, ela já está acabada por princípio, ela não pode ser assim e não será e nunca foi. Basta ver a historicidade, de um grupo de pouco mais de 30 estudantes para mais de 40 mil”. 

Wyllys Farkatt Tabosa 

“Se a gente já tinha um desafio enorme, com essa pandemia esse desafio vai crescer de forma exponencial. E mais do que nunca precisamos ter homens e mulheres, jovens, aposentados, cada um de nós envolvidos para o desenvolvimento da nossa Instituição. [...] Quero agradecer a cada um dos conselheiros do Consup que, durante um momento muito triste da nossa história, desempenharam um papel fundamental para a manutenção da democracia nessa Instituição de ensino. Viva o IFRN e a contribuição de cada um de nós!”

José Arnóbio

 

Confira a reunião na íntegra no canal do YouTube IFRN Oficial

 

Ações do documento

Página em carregamento