Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / "Início de um sonho/deu tudo certo!”
Iniciação Tecnológica e Cidadania

"Início de um sonho/deu tudo certo!”

21/07/2021 - Conheça histórias do ProITEC, que está com inscrições abertas até esta quinta-feira (22)

"Início de um sonho/deu tudo certo!”

Em 2021, inscrições para o ProITEC seguem abertas até esta quinta, 22 de julho

Acreditar e persistir no sonho de conseguir entrar em uma das instituições de ensino mais respeitadas e qualificadas do país é realidade para estudantes de todas as escolas públicas. São muitas as histórias de pessoas que perceberam na oportunidade do Programa de Iniciação Tecnológica e Cidadania (ProiTEC) a chance da construção de novos caminhos, partindo do desejo de fazer parte do IFRN. Afinal, o conhecimento pode transformar aquele desejo, que parecia distante, em um futuro cheio de novas oportunidades.

O Núcleo de Jornalismo do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) preparou uma reportagem especial sobre o Programa, que segue com inscrições abertas - até esta quinta, 22 de julho de 2021 - a estudantes que estejam regularmente matriculados no 9º ano do Ensino Fundamental em escola da rede pública de ensino ou que, já tendo concluído o Ensino Fundamental, desde que tenha feito todos os anos, exclusivamente, em escola da rede pública de ensino. As inscrições podem ser realizadas pelo site da Funcern e o edital completo conferido na página do IFRN.

Oportunidades 

A jovem estudante Andreza Rodrigues viu, através do ProITEC, uma oportunidade de ingressar no Instituto Federal do Rio Grande do Norte e poder traçar novos rumos para sua vida. “A Instituição nos dá amparo, antes mesmo de você entrar, e isso é muito importante” destaca Andreza, que sempre estudou em escola pública. Durante o 9° ano do Ensino Fundamental, ela já pretendia ingressar no IFRN, também incentivada por alguns professores da escola na qual estudava.

"O material didático disponibilizado pelo Programa contribuiu muito para minha aprovação e ingresso no curso de Geologia, oferecido pelo Campus Natal-Central, no qual me formei em 2019", disse.  Atualmente, a jovem cursa Direito na Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Andreza recomenda que estudantes com perfil para se inscrever no ProITEC não desistam: “abracem essa oportunidade como eu abracei, ela faz diferença!” 

As palavras de Andreza confirmam as intenções do IFRN. Junto à atual Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, a Instituição, desde 1909, quando foi criado para ‘habilitar os filhos dos desfavorecidos da fortuna com o indispensável preparo técnico e intelectual’, se volta à realidade de estudantes que, com origem nas escolas públicas, fizeram e fazem parte do legado do Instituto.  

Responsabilidade e Inclusão. Amparo e abraço

É o caso de Ana Márcia, que estudou na então Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte (ETFRN), nos anos 1980. Na época, o atual ProITEC tinha outro nome: “O Protécnico foi muito importante para mim, pois me ajudou a entrar na ETFRN. Fiz o curso em 1982. Eram aulas todas as semanas, de segunda a sexta. Com conteúdo diversificado e muito interessante. Minha história com a Instituição começou ali. Depois do Protécnico eu fui aprovada e cursei Edificações, já formada no curso, fui contratada por três anos como técnica na área. Hoje, sendo servidora do IFRN sei que, sem dúvidas, tudo que vivi desde os anos 80 reflete quem eu sou hoje e isso começou com esse incentivo dado pela Escola. Além de ser um diferencial muito válido, foi uma base muito grande para mim, para minha vida. E não só de estudos, não só a parte acadêmica: a Instituição prepara para vida. Passados quase 40 anos, ainda tenho amigos que fiz naquele começo. Minha galera do basquete, por exemplo, é formada por muitas mulheres que também são ex-alunas da ETFRN, todas muito gratas ao que viveram na Escola”.

Com a transformação, em 1999, da Escola Técnica em Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet), o Programa de acesso, Procefet, seguia dando prioridade a estudantes de escolas públicas, passando a contar com convênios com prefeituras e secretarias de educação. 

No livro 'A experiência pioneira do IFRN com reserva de vagas em seus processos seletivos', a servidora Nadir Arruda Skeete destaca: “o Curso de Iniciação Tecnológica e Cidadania compreendia conteúdos de português, matemática e cidadania, distribuídos em cinco unidades didáticas, organizadas em torno de temas transversais, que eram veiculados em fascículos semanais encartados no jornal Diário de Natal. Também as teleaulas, cuja exibição pela TVU havia sido suspensa em anos anteriores, foram retomadas com uma nova produção. Os estudantes inscritos passavam por três avaliações e, ao final, mesmo que não conquistassem uma vaga no Cefet-RN, tinham o direito de receber um certificado de participação equivalente à conclusão de um curso básico, atualmente chamado Formação Inicial e Continuada (FIC) de 160 horas/aula”.  

Caso de Gizana Clara Farias, estudante do então Cefet entre 2006 e 2010: “um dos maiores orgulhos que carrego na vida foi ter escolhido me dedicar aos estudos, na época, para o Procefet RN, pois ele me levou à primeira grande aprovação da vida acadêmica, minha vaga no curso de Geologia e Mineração. Estudar ali me deu grande base para tudo o que veio depois. E essa preocupação com quem vinha da escola pública é algo fundamental. Na minha época, podiam participar quem fizesse os últimos 3 ou 4 anos do Ensino Fundamental na escola pública e era dividido entre Procefet e Exame de Seleção, que englobava estudantes que não passavam nas vagas destinadas ao Programa, que não tinham participado do Procefet ou que eram de escola particular. 

Programa de Iniciação Tecnológica e Cidadania - Caminhos possíveis 

O ProITEC é um Curso de Formação Inicial e Continuada, na modalidade de educação a distância, que objetiva o aprofundamento da aprendizagem de estudantes da rede pública que desejam ingressar em cursos técnicos integrados do IFRN. O curso tem carga horária total de 160 horas, distribuídas entre as disciplinas Língua Portuguesa, Matemática e Ética e Cidadania, cujo material didático é disponibilizado pela Instituição aos estudantes com inscrição homologada.  O programa reflete ainda a visão institucional de atuar com responsabilidade e inclusão socioeducativa. Por isso, todas as aulas do ProITEC são produzidas também com a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

O ProITEC é ferramenta de transformar, junto a esforços contínuos, sonho em oportunidade, fazendo valer a atual missão do Instituto, “Prover formação humana, científica e profissional aos discentes visando o desenvolvimento socioeconômico e cultural do Rio Grande do Norte”. O Programa auxilia na entrada ao tão sonhado Ensino Médio Técnico e Integrado do IFRN. Através desse início, muitos, assim como Andreza, conseguirão chegar no futuro cheio de novas oportunidades, tornando o meme “Início de um sonho/deu tudo certo”, mais próximo e real.

INSCREVA-SE TAMBÉM NO ProITEC 2021

CONFIRA O EDITAL COMPLETO

Ações do documento

Página em carregamento