Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Iniciado processo de Autoavaliação Institucional 2021
AVALIAÇÃO INSTITUCIONAL

Iniciado processo de Autoavaliação Institucional 2021

11/01/2022 - Respostas podem ser enviadas através do SUAP até 30 de janeiro

Iniciado processo de Autoavaliação Institucional 2021

prazo para responder o questionário se estende até o próximo dia 30/1/22

A Comissão Própria de Avaliação (CPA) do IFRN iniciou, no dia 29 de dezembro de 2021, o processo de autoavaliação institucional 2021. O prazo para responder o questionário se estende até o próximo dia 30 de janeiro de 2022, via Suap. Toda a comunidade acadêmica, servidores e discentes, de todos os níveis, estão convidados a colaborar com esta importante etapa do processo de avaliação institucional.

Seguindo as diretrizes definidas nas resoluções do Conselho Superior do Instituto, que regem o Ensino Remoto Emergencial e o Ensino Misto Provisório, a autoavaliação institucional 2021 tem duas seções focadas na avaliação da implementação e execução destas modalidades excepcionais de ensino, implementadas no IFRN com o objetivo de reduzir os impactos do distanciamento físico imposto pela pandemia da COVID-19.

Além dessas seções, a autoavaliação 2021 traz uma novidade, aprovada pelo coletivo de comissões locais e pela comissão central: a avaliação de apenas alguns dos eixos do Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior (Sinaes). De acordo com o programa aprovado, a autoavaliação 2021 será focada nas Políticas Acadêmicas, que compõem o Eixo 3 do Sinaes. Os demais eixos serão avaliados nos anos de 2022 (Eixo 1 - Avaliação e Planejamento Institucional - e Eixo 4 - Políticas de Gestão) e 2023 (Eixo 2 - Desenvolvimento Institucional – e Eixo 5 -  Infraestrutura). "Os principais motivos para tal mudança são a redução da extensão do instrumento avaliação, aumento na profundidade dos itens e aumento do espaço de tempo entre duas avaliações da mesma dimensão/eixo (de forma que mudanças significativas possam ser aferidas pela comunidade)", disse Rodrigo Cavalcante, integrante da Comissão.

A estrutura do questionário foi mantida em sua essência. A maioria das questões é composta por afirmações com as quais os participantes podem concordar, concordar parcialmente (quando concorda mais que discorda), discordar parcialmente (quando discorda mais que concorda), discordar ou não ter conhecimento para responder (opção desconheço). "Algumas apresentam estrutura de resposta específica, sobretudo as analises das ofertas do Ensino Remoto Emergencial e do Ensino Misto provisório. Certas questões mais densas possuem notas informativas adicionais sobre a terminologia utilizada. Esse texto pode ser acessado posicionando o mouse sobre o enunciado. Nos espaços destinados às sugestões, críticas ou elogios, cada respondente deve sentir-se livre para expor o que considerar oportuno de forma anônima e maneira propositiva", complementou Rodrigo.

Sobre a Comissão

A CPA  é um órgão de assessoramento do IFRN, que atua com autonomia em relação aos demais conselhos e colegiados, e conta com a participação de toda a comunidade acadêmica. Tem como objetivos planejar e executar a autoavaliação do IFRN, bem como divulgar e discutir os resultados.

Para realizar a atividade, ela é formada por uma comissão central, a quem compete a coordenação das atividades, e por comissões locais em cada campus do Instituto, compostas por representantes dos docentes, técnicos administrativos, equipe técnico pedagógica, estudantes da Educação Superior e da Educação Profissional Técnica, bem como integrantes da sociedade civil organizada indicados pelo Conselho Escolar de cada campus.

Ações do documento

Página em carregamento