Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN conquista premiações na Olimpíada Norte/Nordeste de Química 2020
CONQUISTAS

IFRN conquista premiações na Olimpíada Norte/Nordeste de Química 2020

22/04/2021 - Classificações vêm de sete campi diferentes e incluem medalhas de prata e menções honrosas

IFRN conquista premiações na Olimpíada Norte/Nordeste de Química 2020

Esta foi a 25a edição do evento, promovido pelas Universidades Federais do Ceará e do Piauí

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) conquistou 17 premiações na Olimpíada Norte/Nordeste de Química de 2020, motivo de celebração para os campi Apodi, Currais Novos, Natal-Central, Mossoró, Parnamirim, São Gonçalo do Amarante e São Paulo do Potengi. Esta foi a 25a edição do evento, que é promovido pelas Universidades Federais do Ceará e do Piauí, por meio de suas Pró-Reitorias de Extensão. Além disso, a Associação Brasileira de Química (ABQ) é a responsável pela organização da Olimpíada.

As medalhas de prata conquistadas foram de Sílvia Alves Praxedes (Campus Apodi) e Sofia Severo Galvão (Campus Parnamirim). Enquanto isso, quatro estudantes trouxeram menções honrosas ao IFRN, sendo eles: Carlos Vinícius de Souza Felipe (Campus Currais Novos), César Augusto Noronha e Sousa Junior (Campus Natal-Central), Gustavo Línic de Souza Pamplona (Campus Apodi) e Letícia Fonseca Silva (Campus São Gonçalo do Amarante). Os onze demais classificados são dos campi Apodi, Currais Novos, Natal-Central, Mossoró, Parnamirim e São Paulo do Potengi.

Preparação

A participação de estudantes do IFRN na Olimpíada Norte/Nordeste de Química (ONNeQ) foi antecedida pela Olimpíada de Química do Rio Grande do Norte. As boas colocações no evento estadual, deram a classificação automática para a ONNeQ. Segundo Alexis Maia, professor de Química responsável pela inscrição dos alunos do Campus Apodi, não houve uma preparação específica do Campus para o evento, pelo fato de que os seus estudantes não tinham a disponibilidade de tempo para os encontros virtuais: “Isso faz com que as premiações sejam mais comemoradas ainda, pois várias escolas privadas têm turmas preparatórias para as Olimpíadas, e nossos alunos conseguem ir tão bem quanto eles.”

Comemoração

Sofia Galvão, medalha de prata do Campus Parnamirim, disse que não tinha tanta afinidade com Química. No ano passado, ela começou a frequentar as aulas que seu professor estava dando para a Olimpíada Norte/Nordeste e foi aí que ela passou a se interessar de fato pela área: “Na minha visão, quando nós começamos a compreender o porquê do fenômeno, a demonstração daquela fórmula, as ideias que estão por trás e as aplicações, começamos a realmente aprender o assunto e, além de tudo, se apaixonar por ele”, comenta.

Paixão é também como Letícia Fonseca define seu sentimento pela Química. A estudante, que representou o Campus São Gonçalo do Amarante, trouxe para sua unidade uma menção honrosa, e é a ele que credita sua conquista: “Com o incentivo dos professores e dessa instituição incrível, tive acesso à Olimpíada de Química Norte/Nordeste e pude tornar mais enriquecedora minha bagagem de conhecimentos.”

Da mesma forma pensa César Augusto Sousa, que trouxe uma menção honrosa ao Campus Natal-Central: “Sei que minha conquista se deu pelas oportunidades que o IFRN nos traz. Sou muito grato por todo o apoio dado pela instituição e vou levar o aprendizado para a minha vida.” Para ele, participar da Olimpíada Norte/Nordeste foi especialmente gratificante, porque “ela me fez ver a Química com outros olhos, que ultrapassavam a sala de aula, fazendo com que eu me instigasse ainda mais para a disciplina”.

Gabrielly Fernandes também representou o IFRN Natal-Central na Olimpíada. Ela comenta o que achou de ter participado: “Me proporcionou muito aprendizado e experiência, tanto no meio acadêmico, por conter assuntos que ainda não tínhamos visto em sala de aula; quanto no dia a dia, posto que, neste período de pandemia, foi muito difícil manter a rotina de estudos.”

A estudante  finaliza deixando um recado de motivação para todos aqueles que se interessam pela área científica: “Como seres humanos, devemos, conforme a inspiradora Marie Curie, ‘continuar o trabalho científico e manter a ambição e a determinação de fazer uma contribuição permanente para a ciência’”.

Lista geral

Campus Apodi

Nome

Prêmio

Sílvia Alves Praxedes

Prata

Gustavo Línic de Souza Pamplona

Menção honrosa

Maycon Vinícius Fernandes de Oliveira

Demais classificados

Thiago Henrique Duarte Moreira

Demais classificados

Campus Currais Novos

Nome

Prêmio

Carlos Vinícius de Souza Felipe

Menção honrosa

Joailson Miranda da Silva Júnior

Demais classificados

Campus Natal-Central

Nome

Prêmio

César Augusto Noronha e Sousa Junior

Menção honrosa

Gabrielly Fernandes de Araújo Guedes

Demais classificados

Luca Dantas de Britto Monte Araújo

Demais classificados

Campus Mossoró

Nome

Prêmio

Jefferson Nogueira Jales Diniz

Demais classificados

Matheus Thales de Oliveira Câmara

Demais classificados

Campus Parnamirim

Nome

Prêmio

Sofia Severo Galvão

Prata

Luís Victor Teixeira da Silva Pires

Demais classificados

Pedro Henrique de Lima Sousa

Demais classificados

Thayssamara de Lima Soares

Demais classificados

Campus São Gonçalo do Amarante

Nome

Prêmio

Letícia Fonseca Silva

Menção honrosa

Campus São Paulo do Potengi

Nome

Prêmio

Alan Flauber de Oliveira Filho

Demais classificados

 

Acesse

Portal Olimpíada Norte/Nordeste de Química

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento