Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN retoma parceria com o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo
Parcerias

IFRN retoma parceria com o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo

05/03/2021 - No dia 10 de março o IFRN deve passar a integrar o Fórum de Inovação e Negócios em Cerâmicas

IFRN retoma parceria com o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo

Os participantes discutiram também as modalidades de retomada da participação do IFRN no PAX

Na manhã da última quarta-feira (3), o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) participou de reunião com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para retomar a parceria com o Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo (PAX). Do IFRN, estiveram presentes o reitor, José Arnóbio; o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Avelino Neto; e o diretor de Inovação Tecnológica, João Teixeira. Da UFRN, participaram o reitor, Daniel Melo; a ex-reitora e coordenadora do projeto do Parque, Ângela Paiva Cruz; e o diretor da Agência de Inovação, Daniel Pontes.

Após as boas-vindas do reitor Daniel Melo ao reitor José Arnóbio e a todo o IFRN pelo retorno ao projeto, a professora Ângela apresentou uma retrospectiva e o estado atual das atividades de implantação do PAX. Em sua fala, a coordenadora do Parque apresentou as inúmeras interações com empresas nas perspectivas da Inovação Tecnológica e da formação dos estudantes das IES envolvidas. O professor Arnóbio destacou: “o IFRN retorna com toda disponibilidade a parceria para a implementação do PAX. Precisamos fortalecer o contato com os diversos atores do setor produtivo para promover a inovação e a transformação social”.

Possibilidades de participação do IFRN

Os participantes discutiram também as modalidades de retomada da participação do IFRN no PAX. O professor João Teixeira salientou a capilaridade das Incubadoras do IFRN e as possibilidades de articulação com elas. O diretor de Inovação Tecnológica do IFRN ainda salientou que “há potencialidades no desenvolvimento de PD&I nas áreas inerentes ao PAX, tais como Energia, Tecnologia da Informação e Saúde através do CT Eólico no Campus João Câmara e o Centro de Tecnologia Mineral (CT Mineral) em Currais Novos”. Por sua vez, o professor Daniel Melo enfatizou que os Núcleos de Inovação Tecnológica (NIT) poderão atuar fortemente em integração com as empresas, sendo o Parque um modo de realizar essa aproximação, com o apoio das Pró-Reitorias de Pesquisa e de Extensão.

Em curto prazo, junto às outras Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) participantes do PAX, o IFRN deverá retomar a participação na organização dos eventos de prospecção de Pesquisa Desenvolvimento e Inovação de empresas. Em médio prazo, a Instituição deverá estar atenta à Chamada CNPq Nº 12/2020 - Programa de Mestrado e Doutorado Acadêmico para Inovação, possibilitando a aproximação da IES com empresas e ofertas de pós-graduação stricto sensu na área de Inovação Tecnológica. O Parque atua como mediador nessa relação com o setor empresarial

Calendário de atividades

Ao longo do ano de 2020, foram realizados seis eventos envolvendo empresas e ICTs. Daqui a alguns dias, no dia 10 de março, o IFRN já deverá tomar parte no Fórum de Inovação e Negócios em Cerâmicas, às 13h30. No dia seguinte, às 9h, haverá um webinário sobre ecossistemas de inovação. A Diretoria de Inovação Tecnológica (DITEC) da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (PROPI) do IFRN irá iniciar em breve a mobilização do Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT), das Incubadoras Tecnológicas e das Incubadoras Tecnológicas para o Fortalecimento dos Empreendimentos Econômicos Solidários (IFSol), junto à Pró-Reitoria de Extensão (PROEX).

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento