Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN recebe visita de representantes de empresas chinesas
Parcerias

IFRN recebe visita de representantes de empresas chinesas

09/02/2022 - Reunião, realizada nesta quarta-feira (9), teve o objetivo de discutir parcerias nas áreas de mineração e energias renováveis

IFRN recebe visita de representantes de empresas chinesas

Reunião aconteceu no Gabinete da Reitoria do IFRN.

O Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) recebeu, na manhã desta quarta-feira (9), a visita de representantes da empresa chinesa China Railway International Group (Crig) e da Associação Sino Brasileira de Mineração (ASBM). O encontro teve o objetivo de discutir parcerias nas áreas de mineração e energias renováveis.

Realizada no Gabinete da Reitoria do Instituto, em Natal, a reunião contou com a presença da reitora em exercício, professora Antônia Francimar; do pró-reitor de Pesquisa e Inovação, professor Avelino de Lima Neto; do diretor de Inovação Tecnológica, professor João Teixeira; do representante da Crig, Zheng Jianya; do presidente da ASBM, Luis Guimarães; e do secretário da ASBM no RN, Lucas Davalos.

A reitora em exercício, professora Antônia Francimar, destacou os esforços e investimentos do IFRN para promover o desenvolvimento das áreas de Mineração e Energias do estado através dos Centros de Tecnologia (CTS). "O objetivo é que, já em 2023, a gente tenha os CTs do IFRN funcionando de forma a gerar mais oportunidades nas áreas de pesquisa e extensão", declarou.

"Precisamos nos unir, articular, fazer pontes”, iniciou Lucas Davalos. O representante da ASMB no Rio Grande do Norte ressaltou ainda que o caminho para parcerias, cujos diálogos tiveram início há três anos, está aberto para a concretização. “O que estamos planejando casa com os objetivos do Instituto. Queremos nos juntar à UFRN, ao IFRN e ao Governo do Estado para um ambiente comum de desenvolvimento”.

Laboratório de Gemologia e Lapidação

Outra área a ser beneficiada pela parceria é o apoio tecnológico para a análise química dos materiais. Antônia Francimar enfatizou os investimentos em equipamentos e na estruturação dos laboratórios dos Centros de Tecnologia, com destaque para o Laboratório de Gemologia e Lapidação do CT Mineral. “Em nosso planejamento, há o plano de fazermos novos investimentos para a estruturação do Laboratório, para que a gente possa prestar um serviço de análise de gemas [pedras preciosas], um serviço de qualidade. Isso será um grande benefício aos mineradores e proporcionará um desenvolvimento econômico para os moradores da região”, explicou a professora.

De acordo com Lucas Davalos, o Brasil precisa buscar mais protagonismo em feiras de exposição de minérios e tecnologias. "A gente tem que se mostrar para o mundo", disse.

Energias renováveis

Sobre a área de energias renováveis, Zheng Jianya, representante da China Railway International Group, declarou que "podemos debater um acordo também para promover a experiência de uma das unidades da Instituição com 100% de energia elétrica renovável, com o exemplo das usinas fotovoltaicas”.

Ao final, foi sugerido um termo de cooperação conjunto com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) para a divulgação científica, com o lançamento de um livro digital e físico contendo artigos da área.

Ações do documento

Página em carregamento