Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN realiza I Fórum da Pós-graduação Stricto Sensu em 2022
PLANEJAMENTO

IFRN realiza I Fórum da Pós-graduação Stricto Sensu em 2022

14/02/2022 - O objetivo do Fórum foi apresentar as ações executadas em 2021 e o planejamento para 2022

IFRN realiza I Fórum da Pós-graduação Stricto Sensu em 2022

Na manhã do dia 10 de fevereiro, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) realizou o I Fórum da Pós-Graduação Stricto Sensu em 2022. Participaram o professor Avelino Lima Neto, pró-reitor de Pesquisa e Inovação; a professora Francinaide Nascimento, coordenadora da Pós-Graduação na Pró-reitoria de Pesquisa e Inovação (Coppg/Propi); Fernando Silva, secretário executivo da Propi. Também estiveram presentes os docentes Abino Nunes, do Programa de Pós-Graduação em Ensino, situado no Campus Mossoró (Posensino/Mo); Sheyla Varela, do Programa de Pós-Graduação em Uso Sustentável de Recursos Naturais do Campus Natal-Central (Ppgusrn/Cnat); e Ana Lúcia Sarmento, do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional, também ofertado pelo Campus Natal-Central (Ppgep/Cnat).

O objetivo do Fórum foi apresentar as ações executadas em 2021 e o planejamento para 2022. Na abertura, a coordenadora da pós-graduação enfatizou: “Graças ao trabalho coletivo junto às coordenações ao longo do ano passado, avançamos na produção de importantes documentos que, em breve, tramitarão nos conselhos superiores”. A professora Francinaide se referiu ao regulamento da pós-graduação, ao Programa de Apoio aos Programas de Pós-Graduação (Proap) e as contribuições para a minuta da carga-horária docente no que concerne aos professores credenciados aos mestrados e doutorados do IFRN. 

Planejamento para 2022

Em 2022, prevê-se a continuidade de ações em curso, tais como os editais de publicação de livros dos programas, de cadastro de projetos das pós lato e stricto sensu e as bolsas estudantis. Também foram ressaltadas as novas iniciativas, tais como as bolsas de pós-doutorado com fomento institucional. Atualmente, duas pós-doutorandas atuam no Ppgusrn/Cnat, supervisionadas por docentes do programa, com investigações em curso no Centro de Tecnologia Mineral (Ctm), localizado em Currais Novos, e no Centro de Tecnologia em Energias Eólicas, do Campus João Câmara.  Ao comentar essa nova ambiência científica, afirmou Antônia Silva, pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional: “A articulação entre a pesquisa, a pós-graduação e o fomento aos ambientes de inovação e de cultura do Ifrn tem sido uma estratégia para atingir distintos objetivos do Plano de Desenvolvimento Institucional [PDI]”. 

Ao mencionar os ambientes de cultura e arte, a professora Antônia refere-se também ao recente fomento destinado à seleção de pós-doutorandos para o Ppgep/Cnat, com o objetivo de desenvolver pesquisa aplicada nos equipamentos culturais da Unidade Rio Branco do Campus Natal-Cidade Alta. “A presença de pós-doutorandos nos equipamentos da Unidade Rio Branco aponta o compromisso com a cultura presente no PDI e no Projeto Político-Pedagógico do Ifrn, além de sinalizar para as parcerias em discussão com outras estruturas similares no estado, como a Pinacoteca”, salientou o professor Avelino Lima Neto.

 

 

Ações do documento

Página em carregamento