Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN inicia constituição da Comissão de Ética no Uso de Animais
Pesquisa e inovação

IFRN inicia constituição da Comissão de Ética no Uso de Animais

24/06/2021 - Na reunião houve compartilhamento de experiências da Ufersa

IFRN inicia constituição da Comissão de Ética no Uso de Animais

Portaria da Propi formalizará Comissão do IFRN

Com o objetivo de compartilhar a experiência de criação da Comissão de Ética no Uso de Animais (Ceua) da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), uma reunião juntou, no dia 23 de junho, pesquisadores do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e da Ufersa. Pelo IFRN, participaram Ângela Coelho, Genildo Pereira e Márcia Abrantes, do Campus Apodi; Paloma Macchi e Erick Argolo, do Campus Ipanguaçu; Fernando Silva, secretário executivo da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi) e Avelino de Lima Neto, pró-reitor de Pesquisa e Inovação do Instituto. Pela Ceua/Ufersa, participaram as professoras Patrícia Lima e Emanuelle Rabelo.

O encontro teve como mote fornecer elementos para a equipe do IFRN começar os trabalhos de implantação desse órgão colegiado no Instituto. Para Ângela Coelho, que presidirá os trabalhos, a comissão “visa garantir a elaboração de documentos regulamentadores e necessários para a solicitação junto ao Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea)”, disse. Na instituição, a Ceua terá a função de, em uma perspectiva ética, analisar, aprovar e monitorar ações de Ensino, Pesquisa e Extensão que envolvam o uso de animais vertebrados. A Ceua também recebe e avalia denúncias, bem como emite pareceres e certificados, fundamentando-se nas diretrizes do Concea.

Encaminhamentos

Segundo Ângela, que é diretora de Gestão da Unidade Agrícola Escola do Campus Apodi, nos próximos dias, a Propi irá emitir a portaria que formaliza a comissão. Em seguida, a partir do pré-cadastro no Cadastro das Instituições de Uso Científico de Animais (Ciuca), a comissão terá aproximadamente seis meses para produzir o regimento institucional da Ceua. Como encaminhamento da reunião, a equipe também deliberou pela realização de um webinário para apresentação desse novo colegiado  à comunidade do IFRN, "bem como para tirar dúvidas acerca das implicações de um órgão dessa natureza no que concerne às pesquisas envolvendo animais", esclareceu Ângela. Para Avelino de Lima Neto, “a Ceua dará mais segurança ao IFRN nas frentes de ensino, pesquisa e extensão e nos situará, formalmente, no campo de respeito ético às outras formas de vida animal, para além dos seres humanos”.

Ações do documento

Página em carregamento