Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN inicia implementação de laboratórios móveis com computadores virtuais
Tecnologia VMware

IFRN inicia implementação de laboratórios móveis com computadores virtuais

04/09/2019 - Sistema visa reduzir custos e aprimorar o acesso de estudantes a sistemas de alta performance

IFRN inicia implementação de laboratórios móveis com computadores virtuais

VMware Horizon é uma tecnologia que permite oferecer um computador como um serviço, tal qual um e-mail ou um sistema de arquivos (Dropbox, Google Drive)

A grande maioria do corpo estudantil do IFRN não possui, em casa, máquinas de informática que comportem os programas pesados que alguns cursos exigem. Por isso, enfrentam longos trajetos diários em busca de um computador no Instituto, onde possam realizar suas atividades. Com o objetivo de disponibilizar um sistema com infraestrutura de ponta para os estudantes, o IFRN iniciou o processo de implementação dos Desktops Virtuais, através da solução VMWare Horizon, da empresa VMWare. A tecnologia oportuniza a quebra de barreiras físicas, pois permite que eles acessem os programas de alta performance que o curso exige através de qualquer computador, localizado em qualquer lugar. 

De acordo com os responsáveis pelos laboratórios virtuais, VMware Horizon é uma tecnologia que permite oferecer um computador como um serviço, tal qual um e-mail ou um sistema de arquivos (Dropbox, Google Drive). Esse sistema de computadores virtual é viabilizado através da entrega de uma "máquina virtual" (VM, pela sigla em inglês). As VMs apresentam características que oferecem diversos benefícios, tal como a execução de sistemas operacionais em uma máquina física, a preservação do desempenho com controles avançados de recursos, facilidade para mover e copiar máquinas virtuais e o fornecimento ou migração de qualquer máquina virtual para qualquer servidor físico. 

Segundo Carlos Eduardo Egito, analista de Tecnologia e Informação (TI) e coordenador de Infraestrutura e Redes do Instituto, o projeto deu tão certo que já existem planos de ampliá-lo, mediante disponibilidade financeira . “Atualmente, temos cerca de 100 alunos utilizando o serviço. Nossa meta é expandir, desde que tenhamos os recursos financeiros para tal, para no mínimo mil estudantes, a fim de proporcionar o aproveitamento, simultâneo, da infraestrutura dos laboratórios virtuais”, disse.

Resultados 

Para o coordenador, a experiência é positiva. “Através da virtualização, conseguimos entregar para os alunos máquinas mais rápidas, tendo em vista que essas máquinas estão rodando com o sistema do nosso Data Center (Centro de Processamento de Dados) que possui servidores e máquinas mais potentes do que as dos laboratórios”, contou. 

Aluno de Tecnologia em Sistema para Internet do Campus Parnamirim do IFRN, Danilo Maciel comentou sobre as soluções alcançadas por ele enquanto aluno. “Eu vinha para o IF para tentar desenvolver meus projetos nos computadores daqui e gastava em torno de duas horas só com trânsito e ônibus. Além disso, os computadores da biblioteca não são tão adequados para certos projetos, então era necessário que eu solicitasse uma sala do laboratório ou que eu tivesse um bom computador em casa. Eu só tinha essas duas opções”, relatou o estudante. Para Danilo, a redução do tempo gasto facilitou o cronograma: “hoje consigo desenvolver um projeto e entregá-lo no meio do ano. Sem essa solução, por exemplo, finalizaria o trabalho apenas em dezembro”, afirmou.

O reitor do IFRN, Wyllys Farkatt Tabosa, destacou os frutos e as metas planejadas a longo prazo. “Nós vamos customizar e otimizar melhor os recursos investidos nessa área, dando longevidade ao que hoje já existe e, evidentemente, promover mais velocidade e mais rapidez de acesso as informações”. Wyllys ressaltou ainda que o serviço possibilitou mais aptidão aos gestores: “facilitou muito o trabalho dos nossos servidores, em especial os professores, além do resultado obtido por parte dos nossos estudantes”, completou. De acordo com o reitor, contribuições como essas são enriquecedoras “porque democratizam ainda mais o acesso, em especial, à educação pública”. 

Saiba mais sobre o VMware Horizon AQUI.

Ações do documento

Tags: ,
Página em carregamento