Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN encerra ciclo de reuniões com Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu
Ensino

IFRN encerra ciclo de reuniões com Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

26/03/2021 - Os encontros iniciaram no fim de fevereiro, sob a assessoria da Coordenação da Pós-Graduação

IFRN encerra ciclo de reuniões com Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu

Na última quinta-feira (25), a Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi/IFRN) finalizou o ciclo de reuniões com os Programas de Pós-Graduação em Uso Sustentável dos Recursos Naturais (PPgUSRN), em Ensino de Física (MNPEF), em Educação Profissional e Tecnológica (ProfEPT), em Ensino (POSENSINO) e em Educação Profissional (PPGEP). Os encontros iniciaram no fim de fevereiro, sob a assessoria da Coordenação da Pós-Graduação (COPPG-Proi/IFRN), conduzida pela professora Francinaide Nascimento.

Nas ocasiões, contando com a presença da Diretoria de Pesquisa do Campus Natal-Central (DIPEQ/CNAT/IFRN), da Coordenação de Pesquisa e Inovação do Campus Mossoró (COPEIN/MO/IFRN), da Assessoria de Extensão e Relações Internacionais (Aseri/Proex/IFRN), da Diretoria de Inovação Tecnológica (Ditec/Propi/IFRN) e da Coordenação da Editora (Coedi/Propi/IFRN), os representantes docentes e discentes apresentaram as suas demandas e sugestões. A partir dessa primeira escuta, a COPPG/Propi/IFRN vai elaborar um instrumento para um diagnóstico sistemático das necessidades e potencialidades das ofertas stricto sensu. Em um momento posterior, será realizada uma reunião com as gestões dos campi nos quais as ofertas se situam, a fim de construir as parcerias necessárias para o fortalecimento dos Programas de Pós-Graduação (PPG).

 I Fórum de Mestrandos e Doutorandos do IFRN

Um desdobramento das reuniões com os cinco programas será a realização do I Fórum de Mestrandos e Doutorandos do IFRN, momento no qual a Propi/IFRN, através da COPPG/Propi/IFRN, poderá escutar as(os) discentes. Nesse primeiro encontro, uma preocupação inicial é a Saúde Mental. Para Francinaide Nascimento, “o contexto pandêmico, a mudança de rotinas laborais e de estudos têm impactado os trabalhos de pesquisa e inovação também na pós-graduação. Daí a nossa preocupação de nos aproximarmos das(os) estudantes, a fim de conhecer melhor como elas(es) vivem esse cenário problemático”. O fórum acontecerá no dia 7 de abril de 2021, às 14h30, de maneira remota.  

 Comissão da Política Institucional da Pós-Graduação inicia trabalhos

A Propi/IFRN, por meio da COPPG/Propi/IFRN, em amplo diálogo com representantes docentes credenciados PPG institucionais e externos ao IFRN, têm discutido a Política Institucional da Pós-Graduação. A comissão foi designada e trabalha remotamente desde janeiro. Segundo o pró-reitor de pesquisa e inovação, prof. Avelino de Lima Neto, “a expectativa é que o documento tramite nos conselhos superiores até o segundo semestre deste ano”.

O objetivo dessa nova política é regulamentar apoios, fomento, rotinas administrativas e didático-pedagógicas, a fim de melhor realizar a gestão dos processos institucionais relativos aos PPG Stricto Sensu. O documento se fundamenta no Projeto Político-Pedagógico do IFRN e em normativos de avaliação da CAPES e do CNPq, tendo por intuito consolidar as ofertas em questão e tornar o IFRN competitivo na obtenção de bons conceitos Qualis.

A instituição poderá, assim, atrair ainda mais estudantes e pesquisadores de outros estados e países, bem como parceiros dos setores público e privado interessados em soluções tecnológicas oriundas das pesquisas desenvolvidas. Além disso, a nova política também busca atender ao cenário projetado para a instituição no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI 2019-2026), que prevê a transição de 5 (cinco) para 13 (treze) PPG, com diversidade de áreas de concentração, tipos de curso e interiorização.

Ações do documento

Página em carregamento