Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN e Universidade de Montpellier discutem expansão das parcerias
Interinstitucional

IFRN e Universidade de Montpellier discutem expansão das parcerias

04/02/2021 - Renovação deverá estender acordo por mais cinco anos

IFRN e Universidade de Montpellier discutem expansão das parcerias

Reunião aconteceu na quinta-feira, 4 de fevereiro

Desde 2016, o IFRN e a Universidade de Montpellier (UM), na França, possuem um acordo de cooperação. A maior parte das atividades foram desenvolvidas entre a Faculdade de Educação da UM, por meio do Laboratório Interdisciplinar de Pesquisas em Didática, Educação e Formação (Lirdef), e o Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP/IFRN). Nesta quinta-feira (4), representantes de ambas as instituições discutiram as possibilidades de expansão do acordo por ocasião da sua renovação por mais cinco anos, o que deve ocorrer em julho de 2021.

Pelo IFRN, participaram Avelino de Lima Neto, pró-reitor de Pesquisa e Inovação (Propi),  e Samuel Lima, que atua na o Assessoria de Extensão e Relações Internacionais da Pró-Reitoria de Extensão (Proex); pela UM, participaram Christine Reynier, diretora da Escola Doutoral 58; e Muriel Guedji, diretora do Lirdef. Também participou o professor Jacques Gleyse, ex-diretor do Laboratório Interdisciplinar, signatário do acordo de cooperação com o IFRN e colaborador estrangeiro do PPGEP.

Parcerias

Os professores Samuel e Avelino apresentaram brevemente todos os Programas de Pós-Graduação stricto sensu institucionais, oferecendo uma ideia ampla das possibilidades de parcerias em nível de pós-graduação, pesquisa e inovação tecnológica. Em seguida, Christine enfatizou a abertura da Escola Doutoral 58 para a realização de cotutelas, a recepção de servidores do IFRN para realização de doutorado, a participação dos nossos estudantes em colóquios e a inclusão dos nossos pesquisadores em mesas-redondas (possivelmente nos Cursos de Verão). Christine também se dispôs a nos pôr em contato com o Laboratório Cultura, Educação, Sociedades (LACES), especializado na América Latina.

A diretora do Lirdef se mostrou muito interessada na diversidade das áreas de atuação dos Programas de Pós-Graduação Stricto Sensu do IFRN, enfatizando que o seu laboratório também conta com pesquisadores dos mais diversos domínios, destacando a possibilidade de intercâmbios para estágios pós-doutorais e sanduíche, cotutelas e parcerias em pesquisa e publicações.

Como encaminhamento, Muriel Guedji convidou os coordenadores dos Programas de Pós-Graduação a apresentar algumas das pesquisas dos Programas em reunião agendada para 5 de março, quando acontece o Seminário de Pesquisa do Laboratório francês. "Assim, os pesquisadores daquele país poderão acessar de modo mais pormenorizado as pesquisas dos programas, facilitando os contatos para parcerias de diversas naturezas. Jacques Gleyse e Christine Reynier, por sua vez, farão as consultas internas necessárias para a inclusão de novos parceiros quando da renovação do acordo entre o IFRN e a Universidade de Montpellier", explicou o professor Avelino.

Ações do documento

Página em carregamento