Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN discute utilização do Suap para aperfeiçoamento do Programa de Gestão da Rede Federal
Programa de Gestão

IFRN discute utilização do Suap para aperfeiçoamento do Programa de Gestão da Rede Federal

22/03/2022 - Tema foi discutido em reunião do Conif, nos dias 16 e 17 de março

IFRN discute utilização do Suap para aperfeiçoamento do Programa de Gestão da Rede Federal

Tema é estudado desde 2020.

O Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif) realizou, nos dias 16 e 17 de março, uma reunião. Entre as pautas, esteve a utilização do Sistema Unificado de Administração Pública (Suap) para informatização do Programa de Gestão da Rede Federal. 

Recentemente, o Instituto Federal Goiano (IFG) desenvolveu um módulo do Suap para aprimorar a administração da Rede Federal e, observando o aperfeiçoamento realizado, outros Institutos Federais passaram a considerar o sistema para gestão. A implantação do Programa de Gestão visa mudar a sistemática de como o trabalho dos servidores é acompanhado.

Programa de Gestão informatizado

O acompanhamento do trabalho realizado pelos servidores que irão aderir ao Programa será baseado em sua produção. O sistema criará um plano de trabalho para o setor e, a partir disso, o servidor terá metas a serem atingidas. Além disso, o Programa dispensará o ponto de marcação convencional, considerando apenas as metas atingidas pelo trabalhador. A adesão ao sistema possibilitará, ainda, o desenvolvimento de atividades no formato de teletrabalho, seja de forma integral ou parcial.

Apesar das possibilidades apresentadas pelo Programa, nem todos os servidores poderão aderi-lo. Atividades cuja natureza exija a presença física do participante ou atividades que podem comprometer o atendimento ao público interno e externo não poderão ser contempladas, como instrui o Ministério da Economia.  

Vantagens proporcionadas pelo Programa ao IFRN

A implantação do sistema possibilitará diversas vantagens ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). Além da possibilidade do trabalho remoto para os servidores, o Programa também pode contribuir para:

  • Racionalização de espaço, pois o IFRN poderá dispor de mais espaços físicos para suprir a demanda interna por mais infraestrutura;

  • Melhor utilização de recursos humanos, possibilitando a realização de atividades de um Campus do Instituto por um servidor de outra unidade;

  • Avanço na utilização de tecnologias, pois o IFRN poderá lançar e estudar novas tecnologias relacionadas ao teletrabalho e monitoramento de produtividade;

  • Retenção de profissionais, possibilitando a continuidade de servidores pelo teletrabalho, independentemente de onde estejam; e

  • Economia de recursos, uma vez que, com o teletrabalho, haverá redução de orçamento.

O Programa de Gestão não é relacionado ao ensino remoto 

O servidor da Pró-Reitoria de Administração (Proad) e presidente da Comissão, Rodrigo Ricelly, estuda o tema e salienta que o sistema não possui relação com o ensino remoto do Instituto. "É importante ressaltar que o Programa de Gestão não abrange a atividade docente ligada à aula dos alunos. Então, não devem fazer ligação ao Programa com a continuidade de aula remota”, afirmou.

Previsões 

Ainda não há previsão para a implantação do Programa de Gestão no IFRN. A pauta será votada, futuramente, pelo Conselho Superior do Instituto (Consup/IFRN).

Ações do documento

Página em carregamento