Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / IFRN assina acordo de cooperação com instituição francesa
internacionalização

IFRN assina acordo de cooperação com instituição francesa

06/05/2022 - Reunião com professora da Université Jean Monnet aconteceu na quinta-feira (5)

IFRN assina acordo de cooperação com instituição francesa

IFRN e Université Jean Monnet desenvolvem trabalhos em conjunto há mais de dois anos.

Na tarde da última quinta-feira (5), o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) assinou o Acordo de Cooperação Internacional com a Université Jean Monnet Saint-Étienne (UJM), da França. Realizado na Reitoria, o momento contou com a presença do reitor do Instituto, professor José Arnóbio; do pró-reitor de Pesquisa e Inovação, professor Avelino Lima Neto; e da equipe da Assessoria de Extensão e Relações Internacionais: Samuel Lima, Bruno Lima e Bruno Rafael.

Da Université Jean Monnet, esteve presente a professora Julie Thomas, interlocutora do acordo de cooperação da universidade francesa. Thomas ressaltou que o IFRN e a Jean Monnet vêm realizando trabalhos em conjunto há mais de dois anos e que a oficialização da parceria trará benefícios, também, para os estudantes de ambas as instituições.

O reitor José Arnóbio comemorou o novo acordo internacional. “Para o IFRN, essas parcerias são importantes porque fortalecem essas ações de internacionalização. Com isso, a gente acaba fortalecendo o nosso ensino, mostrando ao nosso estudante a possibilidade [de realizar ações em instituições estrangeiras] ao estudar em uma instituição como a nossa”, declarou o reitor.

A parceria entre as duas instituições vai possibilitar ações nas áreas de Educação Física e a Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, que contém cursos como Sociologia, História, Geografia e Filosofia. “O acordo também poderá beneficiar a mobilidade de servidores técnico-administrativo, docentes e pesquisadores”, disse a Julie Thomas, que de 2019, possui parcerias com o IFRN através do Programa de Pós-Graduação em Educação Profissional (PPGEP) do Campus Natal-Central e com o Observatório da Diversidade (IFRN/CNPq).

Julie Thomas também é membro do Conselho Editorial da Editora IFRN. Após sua visita ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte, a pesquisadora segue viagem para Porto Alegre/RS e para Belém/PA, com o objetivo de fortalecer as redes de pesquisa nacionais e internacionais.

À frente da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Propi), Avelino Lima Neto lista algumas das ações já realizadas pelo IFRN e pela Université Jean Monnet: coletâneas publicadas pela Editora IFRN e pela Editora L'Harmattan (Paris); artigos conjuntos; projetos de pesquisa; mobilidade de servidores. “Existe uma série de produtos que já foram gerados e que vão continuar a ser, como publicações conjuntas, co-orientações de teses, de dissertações”, contou o professor, que representa o IFRN no acordo.

Novas cooperações, novas possibilidades

Com a nova cooperação internacional, o IFRN amplia suas parcerias com instituições estrangeiras. Para o assessor de Extensão e de Relações Internacionais, Samuel Lima, o acordo entre o Instituto e a Université Jean Monnet representa a oportunidade para a realização de novas ações, especialmente, de mobilidade internacional de estudantes do IFRN.

“Nós estamos interpretando que estamos vivendo uma nova fase de internacionalização institucional. Houve uma fase, que permanece com bastante investimento, que é a mobilidade internacional de nossos servidores. Agora, estamos com um projeto estratégico, IFRN Internacional, previsto no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI). Temos aí o desenvolvimento de ações de mobilidade internacional de estudantes; temos o interesse explícito nisso”, declarou Lima.

Ações do documento

Página em carregamento