Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Gestores discutem realizações das pastas sistêmicas
100 dias de gestão democrática

Gestores discutem realizações das pastas sistêmicas

14/04/2021 - Reunião teve como pauta a avaliação das ações das Pró-Reitorias, Diretorias e da Assessoria de Comunicação

Gestores discutem realizações das pastas sistêmicas

Levantamento das atividades desenvolvidas será divulgado nos próximos dias

O IFRN reuniu sua equipe gestora sistêmica no início deste mês de abril. De forma on-line, a reunião teve como pauta a avaliação das ações de cada pasta no momento em que se passaram 100 dias desde a posse do professor José Arnóbio como reitor da Instituição. O professor foi o responsável por coordenar o encontro.

Articulação e desenvolvimento de ações sistêmicas

Abrindo a reunião, a pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, professora Antônia Silva, falou sobre as dificuldades encontradas diante da falta dos encontros presenciais, na Reitoria e nos campi: “pessoalmente podemos articular melhor as demandas e tomar decisões de uma forma mais efetiva. A realidade de não poder encontrar com colegas, de não poder encontrar as pessoas, é algo que torna mais desafiador o acompanhamento das situações”, disse.

Os desafios apontados por Antônia, contudo, não impediram a Pró-Reitoria de desenvolver diversas ações de impacto nos últimos três meses e meio, como aponta um levantamento de atividades desenvolvidas em cada uma das áreas sistêmicas, organizado pela Assessoria de Comunicação Social. As ações serão divulgadas nos próximos dias.

De dezembro a abril, a Pró-Reitoria de Planejamento e Desenvolvimento Institucional (Prodes/IFRN) retomou a abertura do Centro de Tecnologia Mineral do Instituto, com aporte de recursos para o desenvolvimento de pesquisa no setor, em parceria com a Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern) e com os campi Natal Central, Parelhas e Currais Novos. Além disso, conseguiu finalizar a execução orçamentária do Instituto nas duas últimas semanas de dezembro. Em razão do prazo disponível para realizar a ação, foi necessária uma força tarefa da equipe gestora que acabava de assumir suas funções, mas com resultado positivo: a distribuição equitativa do orçamento para todos os campi de acordo com as necessidades apontadas pelos gestores.

Ensino, Pesquisa e Extensão

O pró-reitor de Ensino, professor Dante Moura, destacou o tema que exige hoje uma soma de esforços por parte da Pró-Reitoria e do Comitê de Ensino do IFRN: a construção do calendário acadêmico e o planejamento pedagógico para o futuro retorno às atividades presenciais ou híbridas. Para a realização desse planejamento, há uma comissão atuando, com representantes dos campi e da Pró-Reitoria de Ensino (Proen/IFRN). "Todos os gestores e a equipe pedagógica do IFRN estamos voltados à esse desafio, com reuniões periódicas e o retorno dos encaminhamentos aos campi para novas discussões. A manutenção da qualidade do ensino e a segurança da comunidade acadêmica são o nosso foco", declarou.

Avelino Neto, pró-reitor de Pesquisa e Inovação (Propi) do IFRN, relatou a experiência da articulação com as Coordenações de Pesquisa dos campi e das reuniões do Comitê de Pesquisa do Instituto. “Reunimos as coordenações, o Comitê e as pessoas envolvidas na rede de Pesquisa do IFRN e as ouvimos. Escutamos seus relatos e expectativas através de reuniões sistematizadas para serem realizadas em pequenos grupos. O retorno foi o de as pessoas se sentirem extremamente gratas e felizes por estarem sendo escutadas de uma forma organizada, o que levou à identificação com essa forma de articulação”, resumiu o professor.

Já a professora Denise Momo, à frente da Pró-Reitoria de Extensão, falou sobre a retomada da Revista Diálogos da Extensão e sobre a regulamentação do Comitê de Extensão do Instituto, além da preparação de material que comporá conteúdo de sua pasta junto ao Memoria, repositório institucional do IFRN. “Ainda que o trabalho remoto interfira nessa aproximação com os campi, na medida do possível temos buscado e a articulação com as coordenações está sendo feita. Aliado a isso, vimos a necessidade de reestruturação de partes do setor, o que deve ser executado ao longo dos próximos meses”, explicou Momo.

Vozes ampliadas

O professor Hugo Manso, em cooperação técnica na Reitoria, destacou a competência e a experiência das pessoas que formam a atual equipe gestora: “contamos com a experiência de pessoas como Juscelino [Medeiros, pró-reitor de Administração], Auridan [Dantas, diretor de Gestão de Pessoas] e André [Gustavo, diretor de Gestão de Tecnologia da Informação], que vieram da gestão anterior e a experiência de pessoas que exerceram a Direção-Geral, como Arnóbio [no Campus Natal-Central] e Antônia [no Campus Pau dos Ferros]. Desse modo, acabamos por abarcar várias visões e perspectivas, pois são pessoas que passaram por contextos diferentes”.

A assessora de Comunicação Social e Eventos da Reitoria do IFRN, Clara Bezerra, reforçou a importância das pessoas e do trabalho que realizam: "É com a divulgação dos projetos e atividades realizadas que trabalhamos para dentro e para fora da Instituição, produzindo conteúdos que tenham e/ou despertem o interesse público. Para isso, precisamos associar os nomes das pessoas às ações que desenvolvem, mostrando que somos uma Instituição formada por pessoas dedicadas a trabalhar pela melhoria da sociedade”.

Na sequência, Valéria Regina, diretora de Gestão de Atividades Estudantis, fez um relato das ações do setor, com destaque aos esforços para a distribuição orçamentária e a assistência estudantil no contexto da pandemia de Covid-19. Já o pró-reitor de Administração, Juscelino Medeiros, trouxe à memória momentos em que a situação orçamentária impôs desafios que conseguiram ser superados. O diretor de Gestão em Tecnologia da Informação, professor André Gustavo, lembrou a importância da avaliação constante das ações por parte de todos os gestores para o aprimoramento do Instituto, especialmente nesse período de tantas incertezas frente à pandemia de Covid-19.

Encaminhamentos

Após os relatos dos gestores, o reitor José Arnóbio agradeceu o empenho e o trabalho que vem sendo feito em prol do IFRN. Em seguida, fez suas considerações sobre as avaliações expostas. “Acredito que a Comunicação precisa ser fortalecida. Essa reunião deixou muito evidente a importância de fortalecermos o fluxo de informações para a melhoria dos serviços de Ensino, Pesquisa e Extensão que o IFRN precisa entregar à sociedade. Saio desse encontro satisfeito e pensando na ampliação das experiências exitosas da Propi/IFRN e sua articulação, por exemplo, para os demais setores”, destacou Arnóbio, encerrando o encontro.

Ações do documento

Página em carregamento