Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Estudantes do Mulheres Mil abrem negócio e movimentam economia do Agreste
IFSOL

Estudantes do Mulheres Mil abrem negócio e movimentam economia do Agreste

11/11/2019 - Microempresárias fizeram curso de Recicladora e hoje produzem e comercializam sabão ecológico

Estudantes do Mulheres Mil abrem negócio e movimentam economia do Agreste

Ex-alunas do Programa Mulheres Mil e empreendedoras. Foto: Ítalo Costa

"Desde quando eu vi as inscrições para o curso, eu pensei: vou fazer e vou colocar o que aprendi em prática para melhorar minha renda. Nosso dia é bem corrido. Faço as coisas de casa, deixo os meninos na escola e vou para casa das minhas colegas fazer o sabão para vendermos. Graças a Deus estamos cheias de pedidos". O relato é de Maria Teone, ex-aluna do curso de Recicladora do Programa Mulheres Mil realizado no Campus São Paulo do Potengi do IFRN em 2018.
 
A microempresária trabalha em parceria com outras duas colegas do curso: Josicarlas Silvestre e Maria Patrícia de Lima. "Desde o primeiro dia de aula, sempre dizíamos que colocaríamos um negócio para melhorar nossa renda quando o curso acabasse e a cada disciplina nós firmávamos novamente esse acordo", lembra Josicarlas.
 
O curso de Recicladora, um dos oferecidos pelo Programa Mulheres Mil do Campus São Paulo do Potengi, tinha em sua programação disciplinas como associativismo e cooperativismo, gestão e empreendedorismo e meio ambiente. Foi numa oficina em uma das disciplinas que elas aprenderam a fazer o sabão a partir do reaproveitamento do óleo de cozinha. "Quando tivemos a aula que ensinou a fazer o sabão, eu pensei que podíamos fazer isso quando terminássemos o curso", conta Maria Teone.
 
Elas concluíram o curso no final de 2018, no começo deste ano. Resolveram então começar o negócio, mas precisavam de matéria-prima para produzir o sabão: o óleo. "Resolvemos procurar os comerciantes de São Paulo do Potengi e explicar nossa intenção. Nos colocamos à disposição para ir retirar o óleo usado e ainda falamos que além de nos ajudar eles estavam fazendo bem ao meio ambiente, pois evitariam o descarte incorreto do produto", conta Maria Teone.
 
Conseguiram a matéria-prima, mas ainda sentiam falta de mais orientação. Foi então que resolveram procurar a coordenação de Extensão do Campus para que tivessem apoio na organização do negócio. "Nós precisávamos de mais suporte e procuramos o Campus mais uma vez. Professor Alexandre Araújo nos encaminhou então ao professor Diogo Rêgo, que vem nos dando suporte junto às atividades do IFSOL desde então", afirma Maria.
 
Assim nasceu o Sabão Ecológico Potengiense, com a proposta de ser um produto de qualidade e ajudar o meio ambiente. "Através do IFSOL, nós estamos apoiando o negócio delas. Uma das ações é a participação delas na Feirinha Agroecológica da Economia Solidária que ocorre todas as quartas-feiras no Campus e é aberta ao público", destaca professor Diogo Rego. Além da feirinha, o sabão é vendido através de pedidos que podem ser solicitados pelos contatos: (84) 994171167 ou 994699476.
 
"Temos uma preocupação muito grande com a qualidade do nosso produto, que é constantemente avaliado. Estamos muito felizes com nosso desempenho. Nosso negócio está crescendo e estamos ganhando cada vez mais clientes", afirmam Maria Teone e Josicarlas.
 
Sobre o IFSOL
A Incubadora para o Fortalecimento dos Empreendimentos Econômicos Solidários do IFRN (IFSol) é um organismo vinculado ao Instituto Federal do Rio Grande do Norte e desenvolve ações de incubação por meio de assessoramento e consultoria a grupos produtivos que trabalham ou desejam trabalhar de forma coletiva sob princípios e valores da Economia Solidária.
 

Ações do documento

Página em carregamento