Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Discursos que enaltecem a atuação da Rede marcam a abertura da Reditec
45ª edição

Discursos que enaltecem a atuação da Rede marcam a abertura da Reditec

01/12/2021 - Com o tema ‘Reaprender, reconectar e reintegrar: o papel da Educação Profissional e Tecnológica no novo mundo’, evento reuniu reitores de Institutos Federais e autoridades

Discursos que enaltecem a atuação da Rede marcam a abertura da Reditec

Foto: Reprodução/IFB.

Ocorreu, na tarde da última terça-feira, 30 de novembro, a Cerimônia Oficial de Abertura da 45ª Reunião Anual dos Dirigentes das Instituições de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec). O evento ocorreu no Contemporâneo Park, na região administrativa do Núcleo Bandeirante, em Brasília, e foi transmitido pelo canal oficial do Instituto Federal de Brasília (IFB) no YouTube.

Relatos de estudantes egressos

A cerimônia foi marcada por relatos de estudantes egressos de Institutos Federais (IFs) das cinco regiões do Brasil. Um deles foi Maria Luiza Guimarães, ex-aluna do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). A jovem revelou que, para ela, o Instituto é uma casa. “Eu cresci, não somente intelectualmente, mas como pessoa”.

Gratidão foi a palavra utilizada pela egressa do IFB, Karen Reis, que afirmou ter sua vida mudada pela Rede Federal: “Ela me proporcionou muitas oportunidades de aprendizado e descobertas que me lavaram a me encontrar como cientista”.

O sentimento foi compartilhado por Rafael Golçalves, ex-aluno do Instituto Federal do Sul de Minas (IFSULDEMINAS), ao dizer que “a Rede me ajudou a me transformar em um profissional, mas, principalmente em um ser humano melhor”.

A egressa do Instituto Federal Farroupilha (IFFARROUPILHA), Sabrina de Vargas, declarou que a Rede Federal lhe possibilitou a realização de sonhos, como o de se tornar professora e mestranda e a “acreditar que, com o conhecimento adquirido, é possível fazer a diferença na vida das pessoas”. Fechando o momento, Jackson Oliveira, ex-estudante do Instituto Federal do Pará (IFPA), afirmou que “a Rede tem nos proporcionado uma carreira profissional. Basicamente, ela é minha segunda casa”.

Atuação da Rede Federal e importância da Educação

Após os relatos dos egressos, a Reitora do IFB, professora Luciana Massukado se solidarizou com as famílias das vítimas da Covid-19, em especial a do professor Antônio Venâncio Castelo Branco, reitor do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), falecido em janeiro deste ano em decorrência da doença. Em seguida, a reitora tomou a palavra, declarando que “a Rede Federal é uma grande família, que, apresar das diferenças, está unida em um único propósito: a educação”. Logo após, a reitora apresentou o tema da 45ª Reditec: ‘Reaprender, reconectar e reintegrar: o papel da Educação Profissional e Tecnológica no novo mundo’.

Esteve presente na cerimônia o ministro da Educação, Milton Ribeiro, que externou seu entusiasmo pelo aumento da oferta de cursos técnicos. “Creio que todos os presentes aqui têm um denominador comum: a melhoria da educação”, declarou o ministro. Em sua fala, o presidente do Conselho Nacional de Dirigentes das Escolas Técnicas Vinculadas às Universidades Federais (Condetuf), Zilmar Rodrigues de Souza, expressou seu desejo de que “as experiências compartilhadas [no evento] proporcionem boas reflexões para cumprirmos, com excelência, o papel da Educação no novo mundo”.

O secretário da Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC), Tomás Dias Sant’Ana, também marcou presença na cerimônia. Na ocasião, o secretário fez uma analogia sobre os “três pilares” da Rede Federal – docentes, técnicos-administrativos e estudantes. Sobre o último, ele declarou: “Se estamos aqui hoje, é porque queremos criar mecanismos e melhorias que levem uma educação ainda mais efetiva para a formação de nossos jovens, para que sua atuação possa mudar sua região, nosso país e o mundo”.

Na oportunidade, o presidente da Frente Parlamentar Mista da Educação e da Frente Parlamentar Mista do Serviço Público, deputado federal Israel Batista, afirmou ser a Reditec motivo de orgulho para o Brasil. Essa Rede é um patrimônio do Brasil que precisa ser preservado e que sua experiência e seu conhecimento sejam transformados em aprendizagens para outras redes do Brasil”. Durante a cerimônia, a presidente do Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), Sônia Regina de Souza Fernandes, discorreu sobre a atuação do gestor púbico, citando seus cinco princípios: Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência. “É isso o que nos move, é isso o que a Rede faz. Estamos aqui para continuar defendendo a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnologia como um dos maiores bens públicos desta nação”, concluiu.

Ao término do evento, foi exposto, ainda, uma apresentação da Orquestra de Cordas do IFS (ORCIFS). Com a obra “Tema da Vitória”, o grupo representou o vazio, o distanciamento e as adaptações geradas pela pandemia do novo coronavírus, ressaltando o valor e a importância da ciência e dos profissionais da Saúde. A programação da 45ª Reditec segue até esta quarta-feira, dia 2 de dezembro de 2021, com transmissão no canal oficial do IFB no YouTube.

Com informações do IFB.

Acesse

Canal oficial do IFB no YouTube

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento