Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Cultura potiguar é tema de reunião entre servidores do IFRN
Memória potiguar

Cultura potiguar é tema de reunião entre servidores do IFRN

09/03/2021 - Comissão será criada a fim de elaborar política institucional para museus, arquivos e equipamentos artístico-culturais

Cultura potiguar é tema de reunião entre servidores do IFRN

Reunião aconteceu de forma remota, por videoconferência

Pesquisadores e extensionistas do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) reuniram-se na sexta-feira, 5 de março de 2021, para discutir ações relativas a equipamentos de preservação da memória e da cultura potiguar.

Representando a gestão sistêmica, estiveram presentes a pró-reitora de Extensão, Denise Momo; o pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Avelino de Lima Neto; e a coordenadora da Editora do IFRN, Gabriela Raulino. Como partícipes das iniciativas museológicas e artísticas, participaram os diretores-gerais Flávio Ferreira, do Campus Canguaretama, e Geraldo Bezerra, do Campus Ipanguaçu; Nilton Xavier (Campus Canguaretama); Isaac Melo (Campus Natal - Cidade Alta), Vanessa Trigueiro (Campus Natal - Cidade Alta), Suély Souza (Campus Natal-Central); Pablo Capistrano (Campus Natal-Central); Aparecida Fernandes (Campus Parnamirim); Sandra Alves (Campus Ipanguaçu); e Amauri Junior (Campus Ipanguaçu).

Além de iniciativas museológicas, os servidores atuam também em iniciativas artístico-culturais e/ou de educação patrimonial ligadas ao Ensino, à Pesquisa e à Extensão, tais como museus comunitários (como o Catu dos Eleotérios, o Picadas, o Sibaúma e o Gameleiras); o Portal da Cultura Potiguar; o Centro Cultural Sibaúma; a Cinemateca Potiguar e o Cine Poty. Outros servidores, responsáveis por museus institucionais e por arquivos, e membros da comunidade externa, serão convidados a integrar o grupo, a fim de que seja criada uma comissão para a criação de uma política institucional para os museus, os arquivos e os equipamentos artístico-culturais.

Fórum institucional marcará início dos trabalhos

Na reunião, após apresentar as experiências em curso, algumas há mais de dez anos, como o Portal da Cultura Potiguar, e decidir pela criação da comissão, a equipe ressaltou a necessidade de promover um fórum institucional que envolva os servidores e a comunidade externa do Instituto Federal. Além de implicá-los, o fórum será uma experiência formativa para a comissão e para todo a Instituição, com a participação de museólogos e de outros estudiosos dos arquivos e da memória do Rio Grande do Norte, inserindo no IFRN, de modo sistêmico, a preocupação com as práticas de educação patrimonial.

Ações do documento

Página em carregamento