Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Ciência e Tecnologia como meio para cuidar de pessoas
Distanciamento Social

Ciência e Tecnologia como meio para cuidar de pessoas

01/04/2021 - Iniciativas múltiplas reforçam a participação e o suporte do IFRN no enfrentamento à pandemia

Ciência e Tecnologia como meio para cuidar de pessoas

Projetos e atividades mobilizaram servidores e estudantes dos 22 campi

Por Clara Bezerra e Cleyton Fernandes

Nessa penúltima matéria sobre o levantamento de ações após um ano de pandemia, Distanciamento Social e trabalho remoto no IFRN, trazemos um apanhado daquilo que foi diretamente voltado a estudantes, servidores, trabalhadores de empresas terceirizadas, colaboradores, voluntários,  demais integrantes da comunidade acadêmica do Instituto e sociedade em geral.

Aliar Ciência e Tecnologia à atenção às pessoas é uma das especialidades do IFRN. E em tempo de distanciamento essa forma de unir conhecimento e cuidados está ainda mais em evidência. Foi a partir de ações coordenadas do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no Instituto, com suporte de seus pares nos campi, que atividades como o atendimento psicológico vem auxiliando estudantes e servidores a lidar com ansiedade, pânico, estresse e outras dificuldades psicossociais cotidianas. Até meados de março de 2021, 464 atendimentos foram realizados.

Também aos Comitês têm cabido acompanhar, através de plataformas on-line de comunicação, o pessoal que tenha sido contaminado com o novo coronavírus. Desde ali vêm sendo desenvolvidas iniciativas que reforçam a participação e o suporte do IFRN no enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus, como o Censo da Saúde, realizado junto com o Núcleo Avançado de Inovação Tecnológica (Navi/IFRN). O objetivo foi traçar o perfil da comunidade acadêmica do IFRN referente aos fatores de risco para as formas graves de Covid-19, assim como utilizar esses dados como estratégia para planejamento das ações institucionais enquanto perdurar a pandemia. Nesse censo, 14.524 foi o total de respondentes, entre estudantes e servidores efetivos e de empresas terceirizadas.

Vacina

Junto ao Navi/IFRN também atuaram servidores da Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DIGTI) do IFRN. Esse grupo do IFRN se uniu ao Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (Lais) da UFRN e ao Governo do Estado no desenvolvimento do sistema que gerencia todo o processo de vacinação contra a Covid-19 no Rio Grande do Norte. Estão atuando de forma direta no sistema os servidores Túlio de Paiva, Jailton Paiva, Walkyso Junior, Welkson Medeiros, Carlos Breno Silva, Hugo Tácito (DIGTI/IFRN), Alex Fortunato (Campus Natal-Central) e Kelson Medeiros (Campus Natal-Zona Leste), com orientações do diretor de Gestão de TI, André Gustavo, e do Coordenador de Sistemas da Informação, Lucas Pereira. 

Sob supervisão e controle da Coordenação de Desenvolvimento de Pessoal, da Diretoria de Gestão de Pessoas, vem sendo desenvolvido o projeto Competências Socioemocionais no Contexto da Educação Profissional no âmbito do IFRN. A iniciativa, prevista no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2019-2026, busca aprimorar, através da Gestão por Competência, a eficiência dos serviços prestados pelos servidores, desenvolvendo o conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias ao desempenho de suas funções, visando o alcance dos objetivos da instituição pelo Índice de Capacitação em Competências Estratégicas mapeadas. Em atendimento às metas estabelecidas no projeto, até o momento 810 servidores tiveram suas competências comportamentais mapeadas, o que corresponde a 30,4% do efetivo em atividade no Instituto.

Ações do documento

Página em carregamento