Você está aqui: Página Inicial / Campi / Reitoria / Notícias / Ações da Pró-Reitoria de Extensão em 2021*
Um ano de Gestão

Ações da Pró-Reitoria de Extensão em 2021*

07/01/2022 - A Proex é o setor responsável por fomentar a relação com a sociedade potiguar e brasileira.

Ações da Pró-Reitoria de Extensão em 2021*

Proex busca "estruturar e edificar cada vez mais a instituição"

Articulando-se ao Ensino e à Pesquisa, a Extensão integra os três pilares indissociáveis da atuação educacional do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). É por meio dessa dimensão que a Instituição estabelece e fortalece seus elos com a sociedade, compartilhando os saberes produzidos pelas atividades de ensino ou pelos projetos de pesquisa e a partir da articulação com o mundo do trabalho. Como via de mão dupla, a Extensão também é responsável pelas atividades que trazem para o IFRN pessoas ou grupos da comunidade, a fim de compartilhar suas experiências e conhecimentos.

Nessa perspectiva, mesmo com as dificuldades do ano de 2021, principalmente em um contexto pandêmico, a Pró-Reitoria de Extensão (Proex/IFRN) fez-se presente na contribuição da instituição.

Atualmente, a pasta é gerida pela professora Denise Momo, que destaca a importância das recentes colaborações técnicas, parte da reestruturação do setor, que conta com servidores, estagiários e bolsistas. “Enfrentamos diversos desafios, um deles ainda é a pandemia da Covid-19, porém não desistimos de seguir com a nossa contribuição, a fim de estruturar e edificar cada vez mais a nossa instituição", disse Denise.

Ações do setor e seus subsetores

A Pró-Reitoria de Extensão divide-se em três subsetores: a Assessoria de Programas e Convênios (Asproc), a Assessoria de Relações com o Mundo do Trabalho (Asremt) e a Assessoria de Relações Internacionais (Aseri).

Dentre as ações efetivadas pela pasta, está a aprovação da Resolução n° 34/2021 – Regimento Interno do Comitê de Extensão; a retomada da Revista Diálogos da Extensão, com criação de comissão de acompanhamento das atividades; e o projeto sistêmico “Além dos Muros”, que busca divulgar as ações de Extensão.

A Assessoria de Programas e Convênios

O bom desempenho quantitativo da Proex se fez notar em 2021. Foram nove editais de seleção de projetos de extensão com fomento da Proex, com investimento total de R$ 436 mil e 500, além do edital de fluxo contínuo, que alcançou a marca de 304 projetos em execução até 27 de dezembro de 2021.

Além disso, houve o apoio e captação de fomento para o Núcleo Zona Norte da Incubadora Tecnológica para o Fortalecimento dos Empreendimentos Econômicos Solidários do IFRN (IFSOL), através de Emenda Parlamentar Municipal, no valor de R$ 100 mil.

Assessoria de Relações com o Mundo do Trabalho

Em 2021, a Asremt lançou o Edital nº 11/2021-Proex/IFRN, a elaboração sistêmica e a socialização com os campi de um projeto-base para orientação da submissão de projetos locais. O edital inaugurou o Programa de Fortalecimento das Relações com o Mundo do Trabalho e ofertou 22 vagas de projetos e bolsistas para as unidades de ensino do IFRN desenvolverem iniciativas na área. Ao todo, foram selecionados 17 projetos e viabilizados 17 bolsistas para 16 campi.

Outra ação importante foi a realização da formação continuada intitulada "Relações com o Mundo do Trabalho: como fortalecer?", com 40 horas, voltada para os campi do IFRN. Victor Varela, atualmente à frente da Asremt, falou sobre o ineditismo do ciclo: “foi a primeira vez que a Asremt realizou um ciclo formativo para abordar ações vinculadas às suas três políticas: Integração com o Mundo do Trabalho; Acompanhamento de Egressos; e Apoio ao Empreendedorismo, à Economia Solidária e Criativa. Ao todo, tivemos 71 inscrições, com 25 servidores, 43 estudantes, duas estagiárias e uma prestadora de serviço”, destacou o assessor.

Uma terceira ação a ser destacada é a captação externa de R$ 1 milhão para um projeto de Extensão da IFSOL junto à Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva do Ministério da Cidadania. O recurso viabiliza a realização de diagnóstico, assessoramento e incubação de 20 empreendimentos de Economia Solidária, a aquisição de máquinas e equipamentos para os empreendimentos assessorados e a promoção de 240 oficinas e cursos para os beneficiários.

Assessoria de Relações Internacionais

Em 2021, a Aseri ofertou nove turmas de capacitação em gestão da internacionalização na Educação Profissional e Tecnológica, além do fomento ao Edital de seleção de projetos de Extensão para atividades de internacionalização em casa – Edital 09/2021-Proex.

Ao longo do ano também foi feito o alinhamento institucional para a criação de Função de Apoio à Gestão (FAG) dos assessores de Relações Internacionais nos campi.

Atualmente a frente da Aseri, Samuel Lima destacou alguns desafios enfrentados durante 2021: “Um deles foi responder positivamente aos indicadores de internacionalização do Plano de Desenvolvimento Institucional (2019-2026), mesmo frente a desafios sanitários e financeiros. Para isso, foi necessário o desenvolvimento de um trabalho fortemente colaborativo, junto às Pró-Reitorias, diretorias e campi. Desenvolvemos um trabalho bastante alinhado e criativo, que possibilitou a realização de uma mobilidade internacional virtual muito expressiva e a ampliação das atividades no âmbito dos acordos de cooperação internacional”, ressaltou o assessor.

Expectativas para 2022

Para a pasta, parte das ações realizadas em 2021 continuará sendo realizada em 2022. Para isso, houve encaminhamentos no Encontro de Gestores da Extensão, realizado em dezembro de 2021 no Campus Canguaretama. Além disso, a Proex visa implementar ações mais desafiadoras, pois demandam maiores investimentos. É o caso do programa institucional de mobilidade internacional discente. Para essa efetivação, será necessário a ampliação de novas parcerias com instituições na América Latina e mais investimentos na aprendizagem de línguas estrangeiras.

“Além disso, tornou-se, imprescindível para a extensão em todos seus âmbitos, a mediação de reuniões através da tecnologia, o que muitas vezes, facilita o contato com futuras parcerias e ações efetivas de fortalecimento com a comunidade, assim como aos processos acadêmicos, a internacionalização e o mundo do trabalho”, encerrou Denise Momo.

*Texto de Eduardo Fernandes, colaborador da Fundação de Apoio ao IFRN junto à Reitoria.

Ações do documento

Página em carregamento