Você está aqui: Página Inicial / Campi / Pau dos Ferros / Notícias / Pequenos e médios mineradores da região são beneficiados com projeto de extensão do IFRN
MINERAÇÃO

Pequenos e médios mineradores da região são beneficiados com projeto de extensão do IFRN

14/12/2021 - Encontros com mineradores aconteceram no IFRN em Pau dos Ferros

Pequenos e médios mineradores da região são beneficiados com projeto de extensão do IFRN

Técnico em Mineração, Djalma Ribeiro (ao centro), acompanhado de mineradores em um dos laboratórios do IFRN em Pau dos Ferros.

O Laboratório de Tecnologia Mineral e Materiais (LT2M) realizou, ontem e hoje (13 e 14), no IFRN em Pau dos Ferros, diálogo com pequenos e médios mineradores e coleta de amostras para análises laboratoriais da região do Alto Oeste potiguar. A ação é uma das iniciativas do Projeto de Extensão “Do IFRN Natal – Central ao Sertão: Análises laboratoriais aos pequenos produtores do Rio Grande do Norte”.


Sob comando do técnico em mineração, Djalma Valério Ribeiro Neto, no Campus Pau dos Ferros, o projeto tem como meta apoiar mineradores por meio de ações que ajudem a aumentar a competitividade do setor, assim como gerar prática profissional para estudantes. Na prática, o Laboratório de Tecnologia Mineral e Materiais (LT2M), sediado no Campus Natal-Central, promove um trabalho de assistência ao arranjo produtivo local de base mineral, com o fornecimento de análises laboratoriais de tratamento de minérios e análises químicas gratuitas aos pequenos e médios mineradores.


De acordo com o coordenador Djalma Neto, a iniciativa é para que os produtores não necessitem viajar até outros estados para realizarem essas análises, já que, frequentemente, esses obstáculos inviabilizam o processo, devido aos altos custos. Segundo o coordenador: "Com a estrutura que possui o Laboratório de Tecnologia Mineral e Materiais do Campus Natal-Central do IFRN, a equipe do projeto está viajando da capital ao interior do Estado, para realizar a coleta de amostras. Na ocasião, ainda estamos realizamos cadastro dos mineradores". Após o processo de coleta e posterior análise, a equipe emitirá o certificado relativo ao resultado do material analisado. 


Segundo a diretora-administrativa da Cooperativa Extrativa Norteriograndense de Gemas (Coopergemas), Patrícia Kely de Andrade Alves e Costa, o momento é de  expectativas positivas: "É um ponto muito importante para os garimpeiros que andam um pouco esquecidos aqui na nossa região do Alto Oeste. Isso vai facilitar, viabilizar e abrir caminhos para eles saberem o teor do minério que eles estão explorando ou trabalhando", afirma Patrícia.


Mais informações podem ser obtidas através do e-mail lt2m.cnat@ifrn.edu.br ou telefone (84) 4005-9944.



::: CONTEÚDO RELACIONADO:
07/12/2021: Projeto de Extensão beneficia pequenos e médios mineradores do RN.

Ações do documento

Página em carregamento