Você está aqui: Página Inicial / Campi / Pau dos Ferros / Notícias / “Lugar de autista é em todo lugar”: Campus abraça campanha mundial sobre autismo
TEA

“Lugar de autista é em todo lugar”: Campus abraça campanha mundial sobre autismo

01/04/2022 - Pais, profissionais e estudantes falam da importância de respeitar e incluir

“Lugar de autista é em todo lugar”: Campus abraça campanha mundial sobre autismo

Comunidade acadêmica conta com equipe multidisciplinar de profissionais através do NAPNE.

“Lugar de autista é em todo lugar”: este é o tema da edição 2022 da campanhaMundial de Conscientização do Autismo, data estabelecida no dia 2 de abril de 2007 pela Organização das Nações Unidas (ONU) para chamar atenção da sociedade sobre o Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).


O Campus Pau dos Ferros do IFRN, abraçando esta campanha, convidou estudantes, mães, pais e profissionais da educação para falarem sobre a importância de respeitar e incluir as pessoas portadoras do TEA nos diversos contextos sociais, inclusive na escola.


Autista futuro técnico em Informática
Natural de Uiraúna, interior da Paraíba, Kleber Lucas dos Santos Ferreira (15 anos) é filho de Francisca Francivânia dos Santos Ferreira e Kleiton de Almeida Ferreira, Kleber, logo em breve, estudará Informática no Instituto, curso para o qual foi aprovado por meio do Exame de Seleção 2021. Francivânia comenta sobre o suporte recebido pela Instituição já durante a seleção: “A nossa família tem uma satisfação imensa em saber que Kleber Lucas faz parte da família IFRN, Instituição na qual foi muito bem acolhido desde o processo seletivo até hoje. Ficamos tranquilos em saber que a equipe multidisciplinar irá fazer o melhor para estimular e potencializar o seu desenvolvimento, considerando suas singularidades orgânicas e sociais”. A mãe fala da importância de conviver com o autismo: “Nesse dia 2 de abril, nós, juntamente com o IFRN, buscamos mostrar à sociedade que é possível conviver com a diversidade do espectro autista, de forma respeitosa com oportunidades e equidade de direitos”, detalha Francivânia.


Casal de docentes pais de criança autista
Foi no IFRN a professora do curso técnico em Apicultura, Luciene Xavier de Mesquista Carvalho conheceu o Professor de Biologia, Leonardo Emmanuel Fernandes de Carvalho, com quem teve Leonardo Emmanuel, hoje com 3 anos. O pai fala sobre a empatia e reconhecimento sobre o espectro autista: “Cada um de nós guarda um mundo que é só nosso em algum momento do dia. Para os autistas, esse mundo especial e único ocupa boa parte do seu tempo. Não há nada de errado em se voltar para dentro, às vezes é exatamente o que mais precisamos”, relata Emmanuel.


De Antônio Martins para o IFRN
É do Município de Antônio Martins, a 45 quilômetros de Pau dos Ferros, que a estudante Lavínia Abdala de Mesquita Oliveira, do 2º ano do curso técnico integrado em Apicultura, frequenta o IFRN. Filha de Euraxsandra Florêncio de Mesquita e Benedito Alves de Oliveira Filho, Lavínia abraça a campanha “Não coloque limite nos seus sonhos, coloque fé”. Sua mãe, a Senhora Euraxsandra Mesquita, orgulha-se das conquistas da filha: “Para os pais de um autista, pequenas conquistas se tornam  grandes”, relata a mãe da aluna.


Servidor pai de autista
Francisco Márcio da Silva, servidor da Coordenação de Finanças e Contratos do Campus, é pai de Jorge Gabriel, de 10 anos. Como apoiador da causa, Márcio cita frase de Clarice Viana para somar luta à campanha: “O autismo me ensinou que se deve focar nas potencialidades e não só nas dificuldades, e que cada desafio superado – às vezes com grande esforço – é motivo de festa e gratidão”.


O Diretor Geral do Campus, professor Emanuel Neto Alves de Oliveira, comenta sobre a importância não só de as pessoas, como também as instituições, lembrarem da data: “É com muito orgulho que o IFRN, enquanto instituição pública de educação e pesquisa, abraça esta campanha e investe na assistência estudantil, incluindo as pessoas com necessidades educacionais específicas. “Entender, respeitar e incluir as pessoas com autismo reforça um dos papéis que a Instituição tem: contribuir para a formação profissional, humana e cidadã”, relata gestor.

 

Escola com Núcleo especializado e equipe multidisciplinar

O IFRN em Pau dos Ferros tem instituído o Núcleo de Apoio às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (Napne). Agregado ao órgão, a comunidade acadêmica do Campus conta com uma equipe multidisciplinar de profissionais qualificados para atendimento e assistência estudantil em várias perspectivas. Essa equipe é formada por assistentes sociais, técnicos em enfermagem, médico, dentista, nutricionista, psicólogo, intérprete tradutora de Libras e psicopedagoga.

Elenice Alves Pereira atua como psicopedagoga no Campus e integra a equipe do Napne. Ela afirma que o direito à educação de qualidade se perpassa pelo respeito e inclusão: “Queremos reforçar a importância da conscientização para inclusão das pessoas com autismo na sociedade, e reforçar a luta contra a discriminação e o preconceito. Todas as pessoas precisam ser respeitadas, incluídas e asseguradas o direito a Educação de qualidade. Essa luta é de todos nós! Diga não ao preconceito, e sim a diversidade!”, comenta a psicopedagoga.

Conheça mais sobre o Núcleo acessando a página do NAPNE

 


SOBRE O TEA
O Transtorno do Espectro Autista (TEA) engloba diferentes condições marcadas por perturbações do desenvolvimento neurológico, todas relacionadas com dificuldade no relacionamento social. Também chamado de Desordens do Espectro Autista (DEA ou ASD em inglês), recebe o nome de espectro (spectrum), porque envolve situações e apresentações muito diferentes umas das outras, numa gradação que vai da mais leves à mais grave. Todas, porém, em menor ou maior grau estão relacionadas, com as dificuldades de comunicação e relacionamento social.
Fonte: Site Dr. Dráuzio Varela.

Ações do documento

Página em carregamento