Você está aqui: Página Inicial / Campi / Parnamirim / Notícias / Comitê Covid-19 apresenta dados sobre situação epidemiológica no estado e no IFRN
Coronavírus

Comitê Covid-19 apresenta dados sobre situação epidemiológica no estado e no IFRN

04/08/2020 - Os dados foram atualizados no dia 30 de julho

Comitê Covid-19 apresenta dados sobre situação epidemiológica no estado e no IFRN

O Comitê de Enfrentamento à Covid-19 no IFRN apresentou, no dia 30 de julho, os dados referentes à situação epidemiológica no estado e no IFRN. As informações foram compartilhadas durante reunião online do Colégio de Dirigentes e podem ser consultadas na íntegra através deste link.

Os dados referentes ao IFRN foram coletados através do Censo da Saúde, elaborado e aplicado através de parceria com o Núcleo Avançado de Inovação Tecnológica do Instituto (Navi). A pesquisa foi respondida até o dia 21 de julho por 41% da comunidade acadêmica (mais de 14 mil respondentes, entre estudantes e servidores – efetivos, substitutos, temporários e vinculados a empresas terceirizadas). A maior taxa de respostas foi do Campus Canguaretama, com 76,2%, seguido por Pau dos Ferros com 73% e Lajes com 68,73%.

O Comitê está em processo de cruzamento e análise das respostas obtidas e por isso os dados apresentados são preliminares. O campus com maior índice de pessoas em grupos de risco é o Natal-Central, com 13,5% da comunidade, e o menor é Macau, com 3,1%. O Censo levantou ainda a quantidade de pessoas que moram com integrantes do grupo de risco, que se locomovem entre municípios para atuar no Instituto e diagnosticadas com Covid-19. O diagnóstico vai permitir ajustar as medidas de proteção às necessidades dos grupos prioritários e de risco.

Em relação ao estado, até o dia 30 de julho, havia 49.667 casos confirmados de Covid-19, 61800 suspeitos e 1750 óbitos. O Decreto estadual 29794/2020 suspendeu as aulas presenciais até 14 de agosto e o parecer do comitê científico estadual (Recomendação 13/2020) sugeriu a reavaliação da decisão no final de agosto. A Taxa de Transmissibilidade R(t) recente é de 1,15, tendo sido de 0,99 a do último mês. Além disso, 58,6% dos municípios do RN continuam em zona de perigo de transmissão.

Diante desse quadro, o Comitê destaca os pontos críticos para o enfrentamento à Covid-19. No plano macro, há a maior necessidade de detalhamento do poder público quanto aos critérios para a volta às atividades presenciais escolares. No plano micro, institucional, são pontuadas a limitação de pessoal para compor as equipes de trabalho, a indefinição de diretrizes por parte da Pró-Reitoria de Ensino e a necessidade de melhorias para a atuação dos comitês locais.

“O Comitê Covid-19 IFRN segue fazendo os acompanhamentos a estudantes e servidores com casos confirmados ou suspeitos. O grupo trabalha ainda assessorando as comissões dos campi na elaboração dos Planos Locais de Enfrentamento à Covid-19”, explicou Thiago Raulino, presidente do Comitê. O documento base para a elaboração dos planos locais é o Plano de Contingência do IFRN para Enfrentamento ao Novo Coronavírus, aprovado no dia 18 de junho pelo Conselho Superior (Consup), como também os dados obtidos com o Censo da Saúde.

Ações do documento

Página em carregamento