Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Notícias / Licenciatura Português-Espanhol promove palestra sobre Esperanto
EVENTO

Licenciatura Português-Espanhol promove palestra sobre Esperanto

17/08/2022 - Atividade teve por objetivo fomentar o aprendizado de novas línguas

Licenciatura Português-Espanhol promove palestra sobre Esperanto

Foto cedida

A Coordenação da Licenciatura em Letras Português e Espanhol, primeira graduação no estado do Rio Grande do Norte a formar docentes para atuar tanto no ensino de língua portuguesa e suas literaturas, quanto no ensino de língua espanhola e suas literaturas, promoveu no último dia 6 de julho, nas dependências do Miniauditório da Diretoria de Ciências (DIAC) do Campus Natal-Central do IFRN, a palestra intitulada "Esperanto: história, oportunidades e perspectivas", que teve como palestrante o psicólogo, poliglota e mestre em estudos do comportamento humano Rodrigo Tavares Pinheiro de Medeiros.

A iniciativa teve o objetivo de fomentar a valorização do aprendizado de novas línguas e apresentou, em seu escopo, aspectos muito interessantes, como a história e o desenvolvimento do Esperanto; as noções básicas de suas características e de seu uso; a trajetória do idioma em solo potiguar; as oportunidades oferecidas para os cidadãos que decidem dominar essa língua internacional, cuja aprendizagem é facilitada pelas características simples da gramática e sua regularidade; além de alguns recursos gratuitos destinados à prática do Esperanto.

Além disso, é importante destacar a grande quantidade de eventos, nacionais e internacionais, oferecidos aos falantes do idioma, tais como: o Encontro Nordestino de Esperanto, o Congresso Brasileiro de Esperanto, o Congresso Mundial de Esperanto, o Congresso Internacional da Juventude Esperantista, dentre muitos outros.

O Prof. Vanilton Pereira, coordenador da licenciatura, explica que “a aquisição de uma segunda língua tem impacto positivo nas mais diversas dimensões da vida do estudante, contribuindo para o enriquecimento de suas relações sociais, do seu repertório cultural e da sua expressividade linguística”. Ademais, o estudo do Esperanto pode gerar novas oportunidades profissionais e contribuir para a construção de amizades com pessoas de diversas regiões e culturas, oportunizando conhecer outros países, o que, aliás, é uma das marcas da comunidade esperantista no mundo todo.

Prova disso é que, ao longo dos últimos anos, diversos estudantes potiguares tiveram oportunidades de conhecer o mundo através do Esperanto, como Luana Araújo de França, que ganhou diversos prêmios para falantes de idioma que desejam realizar atividades em outras nações. Para a realização de todas as viagens, houve o apoio financeiro da comunidade esperantista.

Por fim, Rodrigo Tavares enfatiza que “a melhor parte do esperanto é a comunidade esperantista, com muitas pessoas interessantes de se conhecer e manter amizades”. Nesse sentido, aprender e dominar um idioma ultrapassa as fronteiras da pedagogia e do estudo linguístico, passando a ser um verdadeiro projeto de vida.

Ações do documento

Página em carregamento