Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Notícias / Estudantes do Campus Natal-Central colaboram com criação de aplicativo auxiliar para atividades físicas
APP

Estudantes do Campus Natal-Central colaboram com criação de aplicativo auxiliar para atividades físicas

19/05/2020 - App foi desenvolvido em uma parceria entre o IFRN e a UFRN

Estudantes do Campus Natal-Central colaboram com criação de aplicativo auxiliar para atividades físicas

 

Em razão da necessidade de distanciamento social causado pela pandemia do COVID-19, algumas pessoas têm encontrado dificuldades em praticar atividades físicas. Ainda que a internet disponha de muito conteúdo relacionado ao tema, não é comum encontrar roteiros e planos específicos para cada idade, sexo e tipo de corpo. 

Tendo em vista esse desafio, um grupo de estudantes do curso de Tecnologia e Análise de Sistemas , do Campus Natal - Central, firmou parceria com um grupo de acadêmicos de uma base de pesquisa sobre atividade física, do Departamento de Educação Física da UFRN. O resultado do projeto foi um aplicativo para dispostivos móveis: o AFISApp, disponível gratuitamente na App Store e, em breve, na Google play. O objetivo é ajudar quem deseja iniciar ou manter uma atividade física regular, apesar da recomendação de isolamento social.

Os alunos Daniel Paulino, Luciano Ramos Sizilio e Fernando Brüch ficaram responsáveis por desenvolver o aplicativo, que disponibiliza suas funcionalidades de acordo com o perfil do usuário. “O aplicativo recolhe algumas informações do usuário, como perguntas sobre a saúde e o biotipo. Então, de acordo com as respostas, é gerado um treino adaptado. A pessoa deve escolher um dia de descanso entre os exercícios e durante os demais dias. O treino a ser realizado é indicado com imagens e vídeos exemplificando a maneira correta de executá-lo” explica Brüch. 

Com uma interface agradável e uma identidade visual minimalista, o app conta com um questionário obrigatório de avaliação física/médica, além de sugestões nutricionais para adultos e crianças e planos de atividades físicas selecionadas para cada pessoa. Os exercícios, inclusive, podem servir como ferramentas para lidar com problemas de saúde física e mental que podem surgir devido ao isolamento social. É o que explica Paulo Dantas, professor da UFRN e um dos responsáveis pela criação do aplicativo. “Além da sensação de bem-estar, o exercício é ansiolítico, diminuindo a ansiedade causada pelo isolamento, é anti-hipertensivo, contribuindo para a melhora do condicionamento geral. A consequência disso é um aumento da capacidade imunológica da pessoa de reagir a quaisquer tipos de vírus ou bactérias que ataquem o seu organismo”, ressalta Dantas.

 

 

 

 

 

 

Ações do documento

Tags: , ,
Página em carregamento