Você está aqui: Página Inicial / Campi / Natal - Central / Notícias / Conheça o curso de Licenciatura em Física
SISU

Conheça o curso de Licenciatura em Física

16/02/2022 - Profissionais com formação podem atuar na educação básica e na área de Pesquisa

Conheça o curso de Licenciatura em Física

Por Ramon Soares

Como parte dos 25 cursos superiores ofertados pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte no Edital de vagas para o Sistema de Seleção Unificada (SiSU) 2022, o Curso Superior de Licenciatura em Física é responsável por formar profissionais aptos a atuarem na educação básica e na Pesquisa.

O curso possui duração de 8 períodos, divididos em quatro anos. Em sua grade curricular constam disciplinas como Gravitação e Oscilações, Eletromagnetismo Básico I, Laboratório de Eletromagnetismo, Ondas e Óptica, Mecânica Clássica I, Eletromagnetismo Clássico I, Laboratório de Ondas e Óptica e Relatividade. 

A formação do curso é baseada na disseminação do saber da Física nas diferentes instâncias sociais, proporcionando profissionais integrais à sociedade. Além da atuação formal, em escolas e instituições de ensino, os estudantes ainda podem seguir diferentes caminhos em atividades que promovam a popularização da Física. Além do Campus Natal-Central (CNAT), a licenciatura também é ofertada pelos campi Caicó, João Câmara, Natal-Central e Santa Cruz.

Conhecimento e articulação

Giulliano Pereira, coordenador e professor do curso no Campus Santa Cruz, afirma que a formação promovida é realizada através de uma perspectiva maior, para além do comum. “Buscamos proporcionar não só uma formação do conhecimento específico, mas uma formação que possa estabelecer um diálogo entre saberes de diferentes áreas de conhecimento, uma formação docente que visa não só o ensino, mas a articulação entre ensino, pesquisa e extensão”, comenta. 

O coordenador ainda declara que “a importância do curso está na formação de profissionais qualificados, no incentivo a continuar a formação em programas de pós-graduação e, enquanto professores, na busca constante por uma educação científica democrática e uma educação que dialogue com a realidade na qual estão inseridos.”

Mariana Cruz, aluna do 8° período, no Campus Natal-Central, pode atestar como a Licenciatura em Física consegue mudar vidas e dialogar com as diversas realidades sociais existentes. A estudante conta que dedicou sua trajetória acadêmica ao ensino para pessoas com deficiências e, a partir disso, entendeu que estava no curso certo.

“Fui uma das primeiras que iniciou a pesquisa no Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Educacionais Especiais (NAPNE) do Campus Natal-Central. Viajei para vários congressos, ganhei premiações”, conta Mariana. A estudante ainda afirma que seu encanto pela Licenciatura nasceu através de todas as suas experiências vividas no curso.

Além disso, Mariana também declara que a experiência prática e o contato com metodologias de ensino promovidos pelo Instituto foram cruciais para sua formação. “Os professores nos preparam para estar em sala de aula”, conta a aluna, destacando a importância do corpo docente do curso na formação dos estudantes. 

Segundo informações do Plano Pedagógico do Curso, o profissional formado pela graduação “deverá se dedicar à formação e à disseminação do saber científico para o ensino da Física, no âmbito de atuação do ensino escolar da educação básica, envolvendo novas formas de educação científica”.

 

Ações do documento

Página em carregamento