Você está aqui: Página Inicial / Campi / Mossoró / Notícias / Emoção e descontração marcam a abertura oficial da Secitex 2019
Secitex 2019

Emoção e descontração marcam a abertura oficial da Secitex 2019

18/10/2019 - Programação integrou a produção cultural de diferentes campi da Instituição

Emoção e descontração marcam a abertura oficial da Secitex 2019

Poeta Antônio Francisco foi um dos homenageados da noite. Foto: Neiryvan Maciel

Por Alessandro Nóbrega, Campus Santa Cruz

O Teatro Dix Huit Rosado ficou pequeno para o público presente na abertura da V Semana de Ciência, Tecnologia e Extensão do IFRN (Secitex). Com a presença de estudantes e servidores de todos os campi da Instituição, autoridades estaduais e a população da cidade, as apresentações foram vistas por cerca de mil pessoas.

A primeira parte da abertura contou com a apresentação do professor Arthur Albuquerque do Campus Nova Cruz, tocando ao piano um repertório erudito. Em seguida, o Hino Nacional foi executado em Libras pelo Coral da Diretoria de Políticas e Ações Inclusivas (DAIN), da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN). A noite foi coroada ainda por uma apresentação do poeta Antônio Francisco, de Mossoró, e da poeta Ana Maria Queiros, do Campus Pau dos Ferros. Logo depois, a Fundação de Apoio ao IFRN (Funcern), junto à Editora IFRN, realizou o lançamento do livro Sementes da Existência, que marca os 20 anos da Fundação. 

O grande momento do evento ficou por conta do Grupo Catarse e da Banda Circuito Federal, do Campus Santa Cruz. Com a peça “Que a minha loucura seja perdoada”, texto produzido pelos próprios atores/estudantes, o grupo deixou para os participantes da Secitex uma mensagem sobre as diferentes formas de exclusão e de não aceitação social, dentro de um espectro psíquico-emocional e de gênero. O público foi tomado pela emoção e aplaudiu de pé, como forma de reconhecimento da qualidade cênico-musical apresentada. A peça teve a direção geral da professora Ana Luiza, direção musical de Rodrigo Barreto e coordenação de iluminação de Stephany Eduarda.

Em suas falas, as autoridades destacaram a importância do professor, da educação e do IFRN para o fortalecimento da sociedade potiguar. O professor Wyllys Farkat, reitor do Instituto, agradeceu todos os parceiros e envolvidos, em especial a prefeita municipal e a governadora do estado, lembrando os desafios enfrentados para realizar a V Secitex. O reitor lembrou dos cortes orçamentários e das dificuldades enfrentadas pela Instituição. "Mas somos cerca de 45 mil estudantes em todo estado. O sucesso deste evento mostra a capacidade de se renovar e resistir como uma das características mais marcantes do IFRN" , explicou.

O diretor-geral do Campus Mossoró fez referência às atividades de ensino, pesquisa e extensão desenvolvidas pelo IFRN. De acordo com ele, em um momento como este, todos têm a oportunidade de conferir o que está sendo realizado. "É significativa a realização da Secitex no momento em que o Campus Mossoró completa 25 anos de existência", exaltou. Representando todos os estudantes do IFRN, o secretário da Rede de Grêmios (Regig), Lucas Felipe convocou toda a comunidade acadêmica do Instituto a lutar pela manutenção dos investimentos na educação. Ao terminar sua fala, a plateia emitiu gritos de apoio e de resistência. 

A prefeita Rosalba Ciarline expressou a felicidade e a honra de sediar um evento científico com a qualidade que a Secitex possui. Ela destacou que, desde o primeiro momento em que foi procurada pela Instituição, a prefeitura se colocou à disposição do IFRN para construir uma parceria, colaborando com a cessão de todo o espaço da Estação das Artes e do Teatro Dix-Huit Rosado. Representando a governadora Fátima Bezerra, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaime Calado, frisou a importância do envolvimento dos jovens com a ciência e a tecnologia. 

Neste ano, a Secitex conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Mossoró, o Sebrae, a Funcern, a Asif-RN, a TCM Telecom, a Vipetro e o Conselho Regional dos Técnicos Industriais do Rio Grande do Norte.

 

Fonte: Reitoria

Ações do documento

Página em carregamento