Você está aqui: Página Inicial / Campi / Mossoró / Notícias / Câmpus Mossoró terá palestra sobre Intolerância Religiosa
história

Câmpus Mossoró terá palestra sobre Intolerância Religiosa

14/03/2013 - A palestra que faz parte da disciplina de história, ministrada pelo prof. Gerardo Bastos, acontecerá no dia 27 de março.

Câmpus Mossoró terá palestra sobre Intolerância Religiosa

Com o tema “Intolerância Religiosa: o legado da Reforma Protestante e da Contrarreforma Católica, a palestra ocorrerá das 13h as 15h no auditório do Câmpus Mossoró, terá como palestrante o Prof. Sandro Cocco. O evento faz parte da disciplina de história, ministrada pelo prof. Gerardo Bastos aos alunos do 2º ano de Mecânica.

Intolerância religiosa é um termo que descreve a atitude mental caracterizada pela falta de habilidade ou vontade em reconhecer e respeitar diferenças ou crenças religiosas de outros. Pode-se constituir uma intolerância ideológica ou política. Pode-se também resultar em perseguição religiosa e ambas têm sido comuns através da história. A maioria dos grupos religiosos já passou por tal situação numa época ou noutra. Floresce devido à ausência de tolerância religiosa, liberdade de religião e pluralismo religioso.

A Reforma Protestante foi um movimento reformista cristão iniciado no início do século XVI por Martinho Lutero, quando através da publicação de suas 95 teses, em 31 de outubro de 1517 na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, protestou contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana, propondo uma reforma no catolicismo romano.

O resultado da Reforma Protestante foi a divisão da chamada Igreja do Ocidente entre os católicos romanos e os reformados ou protestantes, originando o Protestantismo.

Contrarreforma, também conhecida por Reforma Católica é o nome dado ao movimento que surgiu no seio da Igreja Católica e que, segundo alguns autores, teria sido uma resposta à Reforma Protestante iniciada com Lutero, a partir de 1517.

Ações do documento

Página em carregamento