Você está aqui: Página Inicial / Campi / Currais Novos / Notícias / Nota pública da Psicologia do IFRN
PSICOLOGIA NA EDUCAÇÃO

Nota pública da Psicologia do IFRN

02/09/2020 - Documento trata das diretrizes de suspensão das aulas presenciais diante da pandemia de Covid-19

Nota pública da Psicologia do IFRN

Nota reforça posicionamentos comuns ao grupo de Psicólogas e Psicólogos do IFRN

A nota a seguir foi emitida por membros do grupo de psicólogas e psicólogos do IFRN e encaminhada à Assessoria de Comunicação para publicação. O documento trata das diretrizes de suspensão das aulas presenciais diante da pandemia de Covid-19 e o atual contexto político interno do Instituto.

NOTA PÚBLICA DA PSICOLOGIA DO IFRN

Considerando as diretrizes de suspensão das aulas presenciais diante da pandemia de Covid-19 e o atual contexto político interno do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte – IFRN, com a nomeação de uma gestão pró-tempore, as psicólogas e os psicólogos deste Instituto vem a público reafirmar o compromisso social da Psicologia com a defesa da democracia e dos Direitos Humanos.

A Psicologia, no IFRN, está inserida em múltiplos espaços institucionais, formais e informais, e desenvolve intervenções voltadas para todos os segmentos do sistema educacional (alunos, servidores, colaboradores e família). Ainda, busca atuar de forma articulada com os demais grupos de profissionais, visando a prevenção e o cuidado com os impactos que o cenário supracitado pode trazer para o desenvolvimento acadêmico dos estudantes e para a saúde dos servidores e da comunidade escolar.

Isto posto, gostaríamos que esta Nota reforçasse dois posicionamentos comuns ao grupo de psicólogas e psicólogos do IFRN, os quais:

1) Defendemos que o ensino remoto e o teletrabalho ocorram, no mínimo, enquanto não houver garantia de segurança para a saúde de todos e todas. Assim como os demais servidores do IFRN, estamos empenhados na construção das diretrizes para que o ensino remoto seja disponibilizado de modo estruturado e acessível para todos os discentes, atentos à situação de vulnerabilidade e necessidades específicas de grupos que compõem nossa comunidade acadêmica.

2) Entendemos que uma cultura de valorização da saúde mental é de responsabilidade de todas e todos que compõem o Instituto. Ela pode e deve ser construída, também, por meio de melhorias nos processos de comunicação, atitudes colaborativas e tomadas de decisões horizontais. Desse modo, enfatizamos a necessidade de canal aberto para participação ativa e democrática de todos os envolvidos no ensino/trabalho remoto, trazendo diferentes perspectivas, oportunizando um processo mais eficaz e propostas mais completas para esse momento atípico.

Por fim, frisamos nossa crença e respeito ao IFRN, uma instituição de educação pública centenária, responsável pela formação de estudantes críticos, reflexivos, emancipados e competentes tecnicamente. Continuaremos a postos, para desenvolver práticas alinhadas à democratização do ensino, com políticas de ação afirmativa e assistência estudantil comprometidas com a construção de uma Instituição pública, gratuita e de qualidade para todas e todos.

                                                                                                                                                                  31 de agosto de 2020.

                                                                                                                                                  Psicólogas e Psicólogos do IFRN

Acesse

Íntegra da nota

Ações do documento

Página em carregamento