Você está aqui: Página Inicial / Campi / Ceará-Mirim / Notícias / Suap apresenta novas funcionalidades para Pesquisa, Pós-graduação e Inovação
SISTEMA UNIFICADO DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA

Suap apresenta novas funcionalidades para Pesquisa, Pós-graduação e Inovação

05/01/2022 - Uso das atualizações será importante e trará impactos positivos aos índices institucionais

Suap apresenta novas funcionalidades para Pesquisa, Pós-graduação e Inovação

Além da aprimoração de ferramentas existentes, também houve criação de novas funçoes

Utilizada pela comunidade acadêmica do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e por outras dezenas de instituições públicas do Brasil, o Sistema Unificado de Administração Pública (Suap)  passou por atualizações. Após sugestões recolhidas pela Diretoria de Pesquisa e Inovação (Dipeq) do Campus Natal-Central e pelas Coordenações de Pesquisa e Inovação (Copein) dos campi, os setores de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação contarão com o auxílio de novas funcionalidades do Sistema. 

Comissão de membros do Comitê de Pesquisa e Inovação (Copi)

Segundo Avelino Lima Neto, pró-reitor de Pesquisa e Inovação, durante maio e junho de 2021, as sugestões foram recolhidas e observadas atenciosamente, a fim de proporcionar soluções viáveis. A partir disso, nos meses posteriores, houve a compilação e organização das questões levantadas. A compilação foi realizada por uma comissão nomeada pela Portaria n° 1052/2021 - RE/IFRN, composta por membros do Comitê de Pesquisa e Inovação (Copi). 

A comissão foi presidida pelo professor João Teixeira, diretor de Inovação Tecnológica, setor da Pró-Reitoria de Pesquisa e Inovação (Ditec/Propi), e também foi integrada por Rafael Passos (DITEC/PROPI), Fábio Augusto Procópio de Paiva (Campus Parnamirim), André Freitas Barbosa (Campus Nova Cruz), Gabriela Barbosa Bruno (Campus São Gonçalo do Amarante), Kassio Roberto Brito Soares (Campus Ipanguaçu), Miguel Afonso Linhares (Campus Currais Novos), Rodrigo Lopes Barreto (Campus Santa Cruz) e Rogério Dantas de Lacerda (Campus Apodi).

“Após a compilação e organização das propostas, foi estabelecido um diálogo com servidores da Diretoria de Gestão de Tecnologia da Informação (DIGTI), com o objetivo de avaliar e implementar as sugestões aprovadas”, explicou o professor João Teixeira, presidente da comissão responsável pela organização das sugestões.

Dentre as mudanças realizadas, houve novidades e ajustes às ferramentas. A partir de agora, nas novas funcionalidades apresentadas, há o monitoramento de projetos através de relatórios. Como atualização de ferramentas já existentes, também foram implementadas melhorias no cadastro de projetos de Programas de Pós-Graduação. As atualizações e novidades estão listadas abaixo.

Novidades

  • Monitoramento de projetos por relatório;

  • Novos critérios de pontuação para projetos;

  • Pontuação para grupos de pesquisa;

  • Relatórios de dimensões dos projetos de pesquisa;

  • Seção de avaliação.

Atualizações

  • Modificações na Declaração do Avaliador;

  • Melhorias no cadastro de projetos de Programas de Pós-Graduação;

  • Otimização no registro de Frequência/Atividade.

Avelino Neto acredita que a implementação das novas funcionalidades serão benéficas não apenas ao setor, mas também aos índices do Instituto. “O trabalho conduzido pela Ditec junto às Copein e à DIGTI vai facilitar ainda mais os processos de pesquisa, pós-graduação e inovação, com impactos positivos inclusive sobre os índices institucionais”, afirmou. 

Ações do documento

Página em carregamento