Você está aqui: Página Inicial / Campi / Ceará-Mirim / Notícias / Programa de Bolsa Permanência: inscrições até 28 de fevereiro
ENSINO

Programa de Bolsa Permanência: inscrições até 28 de fevereiro

09/02/2022 - Vagas são destinadas a estudantes indígenas e quilombolas matriculados em cursos de Graduação presencial

Programa de Bolsa Permanência: inscrições até 28 de fevereiro

Estudantes indígenas e quilombolas podem se inscrever até 28 de fevereiro.

O Programa de Bolsa Permanência (PBP), do Ministério da Educação (MEC), está com inscrições abertas 2022. As quase duas mil vagas são destinadas a estudantes indígenas e quilombolas matriculados em cursos de Graduação presencial ofertados por instituições federais de ensino superior (IFES). O benefício é de R$ 900.

Conforme a Portaria nº 42/2022 do Diário Oficial da União, as inscrições deverão ser realizadas por meio do Sistema de Gestão da Bolsa Permanência (Sisbp), até o dia 28 deste mês de fevereiro, observando as regras constantes na Portaria do MEC.

As instituições federais de ensino superior analisarão a documentação comprobatória de elegibilidade do estudante e a aprovação do cadastro no Sisbp, até 31 de março de 2022.

Segundo o MEC, a distribuição de vagas considerará o quantitativo de estudantes matriculados e o quantitativo de alunos e alunas cadastrados no Programa, por Ifes, no término do exercício anterior.

Programa de Bols Permanência

Instituído em 2013, o Programa de Bolsa Permanência (PBP) é destinado à concessão de bolsas para estadia de estudantes de graduação em instituições federais de ensino superior. As bolsas buscam minimizar as desigualdades sociais, étnico-raciais e contribuir para a formação dos estudantes em situação de vulnerabilidade socioeconômica, em especial, os indígenas e quilombolas.

Com informações do MEC

Acesse:

Ofício Circular do MEC e Portaria nº 42/2022 do Diário Oficial da União

Sistema de Gestão da Bolsa Permanência

Ações do documento

Página em carregamento