Você está aqui: Página Inicial / Campi / Ceará-Mirim / Notícias / Conheça a Licenciatura em Matemática
Licenciatura em matemática

Conheça a Licenciatura em Matemática

14/02/2022 - Estudantes dos campi Ceará-Mirim e São Paulo do Potengi compartilham suas experiências na Graduação que prepara docentes para o Ensino Básico

Conheça a Licenciatura em Matemática

Por Luciano Vagno

Cálculos, equações, geometria, números. Se os termos anteriores, somados à ideia de lecionar, soam atrativos, a Licenciatura em Matemática pode ser o resultado que você procura.

O Curso Superior de Licenciatura em Matemática é uma das 25 Graduações ofertadas pelo Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) em 2022, com ingresso via Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Por meio dela, é proporcionada a formação profissional inicial de docentes de Matemática para a Educação Básica.

A Licenciatura presencial apresenta uma visão ampla do conhecimento matemático e pedagógico, além de desenvolver valores estéticos, políticos e éticos no futuro profissional capazes de orientar pedagogicamente sua prática educativa, contribuindo, assim, para a consolidação de uma educação emancipatória. O curso é ofertado pelos campi Ceará-Mirim, Mossoró (somente no segundo semestre letivo de 2022), Natal-Central, Santa Cruz e São Paulo do Potengi do IFRN.

Neste último, a graduação é coordenada pelo professor Annaxsuel Araújo, que explica a importância da oferta: “por ser Licenciatura, já é importante, devido à demanda necessária de capital humano, em especial para a Matemática”. O professor destaca que há, no interior do Brasil, um grande déficit de docentes na área das Ciências Exatas, em especial, da Matemática. “Então, ter um curso como este no interior do estado permite suprir essa demanda existente. A formação é importante, também, o sentido de os indivíduos conseguirem ler o mundo a sua volta, que é cada vez mais informativo, com muitos dados, e saber lidar com essas informações, para tratá-las e tomar as melhores decisões”, conta Annaxsuel. 

O professor Jefferson Alexandre coordena o curso no Campus Ceará-Mirim. Ele elenca algumas das habilidades que compõem o perfil do licenciado em Matemática: “fomentar a autonomia e a criatividade; analisar, selecionar e produzir materiais didáticos para o ensino de Matemática; compreender seu papel social de educador, com capacidade de se inserir em diversas realidades, com sensibilidade para interpretar as ações dos educandos; estabelecer relações entre a Matemática e outras áreas do conhecimento; bem como trabalhar em equipes multidisciplinares e na interface da Matemática com outros campos do saber”.

A graduação possui duração de quatro anos. Nesse período, o estudante encontrará disciplinas organizadas pelo Eixo Didático-Pedagógico (como Metodologia do Ensino de Matemática [I e II]; Mídias Educacionais; Metodologia do Trabalho Científico) e pelo Eixo Específico (Álgebra Linear; Cálculo; Matemática Fundamental; e outras diversas).

Como explica a professora de Educação Matemática, Juliana Schivani, do Campus São Paulo do Potengi, ao ingressar na Licenciatura “é comum que o aluno entre no curso por afinidade com a Matemática durante seu Ensino Fundamental e Médio. Então, ele acaba pensando que, na Licenciatura, verá o mesmo conteúdo, porém de uma forma a saber como ensinar, quando, na verdade, não é bem assim. O estudante vai, aos poucos, tomando consciência da necessidade de demonstração; que as coisas têm uma justificativa, uma explicação lógica e coerente”.

“Nós, enquanto professores formadores de professores, vamos trazer as metodologias de ensino que existem, os exemplos... Mas, na verdade, quem vai colocar toda a teoria em prática é esse estudante, quando estiver em sala de aula. O discente não sai do curso sabendo ensinar; ele vai saber ensinar e ser um professor na prática; porém, terá toda uma bagagem de conhecimentos teóricos, de conteúdos e conceitos matemáticos”, concluiu a professora.

O estudante Joedson de Souza está na metade da Licenciatura ofertada pelo Campus Ceará-Mirim. O estudante de 24 anos revela que o curso foi sua escolha desde sempre e afirma que a Matemática está por todos os cantos: “Quando se fala em Matemática, a grande maioria [das pessoas] já pensa que é algo difícil, mas, quando paramos para pensar, ela está presente no nosso dia a dia”, disse. Ao relembrar sua trajetória pela Licenciatura, o jovem ressalta a importância de seus docentes: “posso dizer, sem sombra de dúvidas, que o IF tem os melhores professores. Eles nos ajudam a crescer como pessoa e como profissional”. Embora Joedson esteja, atualmente, participando das aulas de forma remota, o estudante afirma não se abalar pelas dificuldades e conta que o curso está suprindo suas expectativas.

A área da Educação foi um dos motivos que levaram a estudante Maria Raila Abdias, de 19 anos, a cursar a Licenciatura em Matemática no Campus São Paulo do Potengi. “Eu possuía o desejo de ser professora desde a minha infância, mas ainda não havia optado pela área em particular”, declarou a jovem que está no segundo semestre da graduação. Foi em 2021, após ler a ementa do curso, que, como diz a estudante, “algo muito especial despertou”. A vontade de adquirir novos conhecimentos na área das Ciências Exatas, em particular na área da Matemática, fez Raila ingressar na Licenciatura: “Acredito que, como professores, somos agentes de mudança na vida dos alunos, e nossa missão é transmitir tudo o que sabemos enquanto corpo docente”.

Ações do documento

Página em carregamento