Você está aqui: Página Inicial / Campi / Ceará-Mirim / Notícias / Aluna do Campus Ceará-Mirim é selecionada para próxima etapa do Youth Brasil
YOUTH BRASIL

Aluna do Campus Ceará-Mirim é selecionada para próxima etapa do Youth Brasil

21/07/2020 - Ao final do programa os jovens selecionados receberão auxílio para participar de algum dos eventos de Governança da Internet nacionais e internacionais.

Aluna do Campus Ceará-Mirim é selecionada para próxima etapa do Youth Brasil

A aluna Maria Carolina de Sousa Soares (@_carols0), estudante do Curso Técnico Integrado em Informática, foi uma das 150 pessoas selecionadas para a próxima etapa do Programa Youth Brasil, que aconteceu entre maio e junho de 2020 de forma online.

Ao todo foram 4 semanas de estudos dirigidos, cada semana com temas diferentes relacionados à Governança da Internet. As interações de debates ocorrem principalmente através de uma lista de e-mails, criando um tópico semanal e contribuindo em, no mínimo, três tópicos diferentes criados por outros colegas. A ideia do Programa Youth Brasil não é competir, mas engajar e promover a troca de experiências e conhecimentos entre jovens, participando de uma nova comunidade, com materiais gratuitos e disponibilizados pelo NIC.br, além disso, conhecer novas culturas através de um grupo no Telegram com pessoas de diferentes estados do Brasil. 

No evento a estudante falou sobre o projeto Dados Livres, desenvolvido no Campus Ceará-Mirim do IFRN sob a orientação do Professor Pedro Baesse (@pbaesse), que consiste em uma plataforma de compartilhamento e colaboração de seus usuários na identificação de fontes de dados abertos e aplicações que fazem uso desse tipo de informação, de maneira fácil e intuitiva, e será lançada até o final de agosto, em dadoslivres.org. O projeto se identifica com o Programa Youth Brasil, que tem como objetivo incentivar a sociedade civil mais presente, colaborativa e empoderada em cobrar os seus respectivos representantes eleitos, e com isso, um melhor controle social, melhor transparência pública e combate à corrupção.

 Para Maria Carolina o evento é uma importante oportunidade para a comunidade acadêmica do nosso instituto conhecer e se aprofundar nas discussões sobre Governança da Internet. "Ser uma das 150 pessoas selecionadas para o curso é uma oportunidade de dar visibilidade ao nome do IFRN e abrir portas para futuras mulheres e meninas interessadas em Informática do nosso Estado, para que elas possam participar de programas que oferecem bolsas para eventos nacionais, regionais e internacionais, como o Programa Youth Brasil do CGI.br", disse.

 


Ações do documento

Página em carregamento