Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Reunião extraordinária do Colégio Gestor para deliberar a respeito da avaliação do cenário de retorno ao trabalho remoto e apresentação do ensino para a retomada segura
COLÉGIO GESTOR

Reunião extraordinária do Colégio Gestor para deliberar a respeito da avaliação do cenário de retorno ao trabalho remoto e apresentação do ensino para a retomada segura

16/02/2022 - Resultou a previsão de retorno para o dia 21 de fevereiro de 2022 para a fase 1 nas atividades acadêmicas e administrativas.

Reunião extraordinária do Colégio Gestor para deliberar a respeito da avaliação do cenário de retorno ao trabalho remoto e apresentação do ensino para a retomada segura

Reunião extraordinária do Colégio Gestor

Aconteceu no dia 11 de fevereiro de 2022 a primeira reunião extraordinária do ano de 2022 do Colégio Gestor do Campus Canguaretama, ocorrendo de forma conjunta com o Comitê COVID local para deliberar a seguinte pauta: Ponto 1: Avaliação do cenário de retorno ao trabalho remoto a partir do que temos de informações sanitárias; Ponto 2: Apresentação do ensino para a retomada segura.

 

Na reunião, foi apresentado pelo Comitê COVID local, o monitoramento do Comitê COVID central, apresentado ao CODIR na reunião do dia 10/02, o qual recomendava que a rotina de desinfecção e sanitização dos espaços dos Campi do IFRN seja reforçada; O uso de máscara e a manutenção de distanciamento se torne obrigatória em todo o IFRN e a permanência do desenvolvimento das atividades acadêmicas e administrativas preferencialmente de forma remota e nova avaliação do cenário a cada 7 dias.

 

Mediante discussões avaliação levando em consideração o quadro epidemiológico do estado e município, resultou a previsão de retorno para o dia 21 de fevereiro de 2022 para a fase 1 nas atividades acadêmicas, ocorrendo o retorno ao presencial de todas as aulas práticas com 50% da ocupação dos espaços, enquanto as demais disciplinas continuam sendo ofertadas remotamente e da fase 1 nas atividades administrativas, devendo haver 1 servidor a cada metro quadrado, por ambiente, contendo no máximo 30% do total de servidores, caso os indicadores continuem em queda.

 

O acompanhamento e estudo do cenário continuará sendo analisado a partir também das informações enviadas pelo formulário eletrônico para notificações de casos suspeitos ou confirmados, enviado pelo comunicador SUAP para a comunidade acadêmica do campus. 

Mesmo com a decisão tomada no âmbito do colégio gestor do Campus, no dia 17/02 haverá nova reunião do colégio de dirigentes - CODIR para avaliar o cenário e tomar decisão a respeito de retorno conjunto para todos os campi.

Ações do documento

Página em carregamento