Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Informatização Social beneficia mais 37 cursistas com letramento digital
Informatização Social beneficia mais 37 cursistas com letramento digital

Informatização Social beneficia mais 37 cursistas com letramento digital

13/01/2022 - Projeto está no sétimo ano de execução

Informatização Social beneficia mais 37 cursistas com letramento digital

Formatura Informatização Social Jan 2022 Hélio Galvão e Fabrício Maranhão

Nesta terça-feira (11/01/2022) um grupo de 37 crianças, adolescentes e jovens adultos da região do litoral sul potiguar participou das atividades de encerramento do curso de letramento digital oferecido pelo Campus Canguaretama. O público atendido pelo projeto é formado por estudantes do ensino fundamental da Escola Municipal Hélio Galvão (Goianinha) e da Escola Estadual Fabrício Maranhão (Canguaretama), parceiras do projeto de extensão "Informatização Social”. 

As atividades do dia incluíram aula de encerramento do curso nos laboratórios de Informática do campus, visita guiada às instalações, lanche e cerimônia de entrega de certificados, seguindo os protocolos de biossegurança do IFRN em função da pandemia da Covid-19. Na ocasião, a Diretora da escola Hélio Galvão, a professora Atelma Lyra, destacou que “os alunos do Hélio ficaram muito satisfeitos com as aulas e os instrutores do IFRN, e que a parceria deve continuar”. Já o Diretor-Geral do campus, o professor Flávio Ferreira, disse que acredita “no potencial de o projeto se transformar, um dia, em um programa mais abrangente em outras regiões do estado”. Outros gestores e também os cursistas tiveram direito à fala e manifestaram sua satisfação com o projeto.


PROJETO INFORMATIZAÇÃO SOCIAL

O projeto tem como objetivo inserir crianças e adolescentes em vulnerabilidade socioeconômica do litoral sul do Rio Grande do Norte nos primeiros passos em direção ao letramento digital, em sintonia com a Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas e com o Projeto Político Pedagógico do IFRN. Ele tem sido executado ininterruptamente desde 2015 e acumula cerca de 200 cursistas em situação de vulnerabilidade socioeconômica beneficiados com um curso gratuito de letramento digital, em parceria com escolas públicas das redes municipal e estadual. As atividades do projeto articulam estudantes da Licenciatura em Informática do IFRN Campus Natal-Zona Norte (chamados formadores) e estudantes do Curso Técnico Integrado em Informática do IFRN Campus Canguaretama (chamados instrutores), por meio de uma metodologia inovadora concebida pela equipe do projeto e publicada em anais evento internacional. O coordenador do projeto é o professor Helber Wagner da Silva, do IFRN Campus Canguaretama.


O PROJETO EM NÚMEROS

O projeto é sobre pessoas, mas os números também indicam seu sucesso ao longo dos anos:

-03 escolas parceiras em Goianinha: Escola Municipal Hélio Galvão, Escola Municipal João Gadelha, Escola Municipal Maria do Ceu.

-03 escolas parceiras em Canguaretama: Escola Estadual Fabrício Maranhão, Escola Estadual Guiomar de Vasconcelos, Escola Municipal José de Carvalho e Silva.

-01 escola parceira em São José de Mipibu: Escola Estadual Francisco Barbosa.

-37 estudantes do Curso Técnico Integrado em Informática do IFRN Campus Canguaretama.

-08 estudantes da Licenciatura em Informática do IFRN Campus Natal-Zona Norte.

-02 professores de Redes de Computadores do IFRN Campus Canguaretama.

-01 professor de Manutenção de Computadores do IFRN Campus Canguaretama.

-01 professora de Didática do IFRN Campus Natal-Zona Norte.

-01 artigo publicado em periódico nacional (RBEU 2021).

-03 artigos publicados em eventos internacionais (WFCP 2018, Cointer-PDVL 2019 e LACCEI 2019).

-01 trabalho apresentado em evento nacional (Reditec 2017).

-04 artigos publicados em eventos regionais (Secitex 2015, 2016, 2017 e 2019).

 

-05 relatórios de prática profissional em informática.

 

Ações do documento

Página em carregamento