Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Consciência Negra
CONSCIÊNCIA NEGRA

Consciência Negra

19/11/2021 - Celebrações do novembro negro movimentam campus e comunidade. - Programação construída pelo Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) e em parcerias com a comunidade externa marcam o mês da consciência negra.

Consciência Negra

O Núcleo de Estudos Afro-Brasileiro e Indígena do IFRN Campus Canguaretama realiza atividades em alusão ao 20 de novembro - Dia da Consciência Negra. O conjunto de atividades tem como tema “Arte e cultura negras: caminhos de resistência e luta” . Com atividades realizadas do dia 23 a 26 deste mês, o Campus do litoral sul do estado busca cumprir o que determina a Lei 10.639/03, que trata do Ensino da História e Cultura Afro-brasileira, contribuindo com a produção e difusão do conhecimento do povo negro, seus fazeres e saberes. 

A programação é voltada para a promoção da equidade racial e consolidação de direitos e políticas voltadas à população negra, no âmbito do IFRN, contemplando as áreas de Ensino, Pesquisa e Extensão.  A professora Giulia Melo destaca que “os eventos e ações do Novembro Negro são de grande importância para os processos de consciência racial. E a abertura de espaços exclusivos para debater temas que atravessam as experiências da população negra tem o potencial de alcançar públicos mais amplos, mobilizando pessoas negras e não negras no entendimento e combate ao racismo”.

 

 Parceria - Comunidade de Sibaúma. 

Em mais uma edição o Campus Canguaretama apoia a Semana da Consciência Negra da comunidade quilombola de Sibaúma. 

Alicerçada no grupo Herdeiros de Zumbi, grupo musical que congrega o ritmo dos tambores e a execução da dança do coco de zambê, patrimônio da comunidade. 

Além da gincana de atividades esportivas na praia, a programação diurna do evento conta com desfile de beleza negra, pinturas e exposição de tambores. 

À noite ocorre a tradicional e potente celebração musical com encontros de grupos culturais como capoeira e o cortejo. Em seguida o fechamento com apresentação dos Herdeiros de Zumbi, que materializam no toque e nos corpos, saberes e práticas culturais ancestrais. Haverá, também o lançamento com primeira exibição pública do filme: “Herdeiros de Zumbi” que tem direção de Ricardo Amaral (UFRN) e conta com parceria de pesquisadores do Campus Canguaretama. 

Para Laelson Caetano, um dos organizadores do evento: "a comunidade só tem a agradecer pela parceria de sempre com o IFRN". 

 

 

 Parceria - Município de Canguaretama. 

Nesse ano o Campus Canguaretama está também apoiando a Semana da Consciência Negra realizada pela Prefeitura de Canguaretama. 

Para marcar o primeiro evento do município referente ao 20 de novembro, a programação foi pensada para ocorrer na praça pública em frente a Igreja Matriz da cidade. Da feira ao palco, as atividades incluem panfletagem, oficina de turbante, degustações, palestras, performance e apresentações culturais. Do coco ao samba de roda, a população é convidada a celebrar a cultura negra e a refletir formas de combate ao racismo estrutural. O evento contará, também, com a presença do Mestre Bacalhau, mestre de coco de roda e importante personagem da memória e da cultura regional, homenageado da noite. Para Adriana Albuquerque, organizadora do evento: "é uma oportunidade de levar esse tema pra discussão em Canguaretama e a parceria com IFRN só tende a agregar".  

 

 

A proposta do NEABI e do Observatório da Diversidade é seguir construindo parcerias com a comunidade.

O professor Flávio Ferreira, membro dos núcleos e diretor geral do Campus Canguaretama conclui reforçando que "promover uma educação antirracista é impulsionar uma sociedade verdadeiramente democrática com valores sólidos de cidadania".

Ações do documento

Página em carregamento