Você está aqui: Página Inicial / Campi / Canguaretama / Notícias / Colégio de Dirigentes realiza última reunião do ano
CAMPUS IPANGUAÇU

Colégio de Dirigentes realiza última reunião do ano

23/12/2021 - Gestores debateram questões relacionadas a coordenações, planejamento e protocolos de segurança contra a Covid-19

Colégio de Dirigentes realiza última reunião do ano

Reunião aconteceu no Campus Ipanguaçu do IFRN.

O Colégio de Dirigentes do IFRN (Codir/IFRN) se reuniu nesta segunda e terça-feira, 20 e 21 de dezembro, no Campus Ipanguaçu do Instituto. A reunião foi presidida pelo reitor José Arnóbio e contou com a presença de pró-reitores, diretores sistêmicos, gerais e assessores. Entre as pautas, os gestores discutiram questões relacionadas à requisição de servidores por parte de órgãos da justiça federal, com as orientações do procurador jurídico Thiago Nóbrega. 

Foi debatida também a recomposição das Funções de Coordenação de Curso, trabalho desenvolvido por comissão formada pela pró-reitora de Planejamento e Desenvolvimento Institucional, Antônia Silva; pelo diretor de Gestão em Tecnologia da Informação, André Almeida; pelo diretor de Gestão de Pessoas, Auridan Dantas, e pelos diretores-gerais de campi André Bezerra (Lajes), Edmilson Campos (Natal-Zona Norte) e Flávio Ferreira (Canguaretama). 

Na terça-feira, os gestores visitaram a fazenda escola do Campus Ipanguaçu, apresentada pelo engenheiro e diretor da fazenda, Marlon Dantas. Em seguida, iniciaram as apresentações dos relatórios de ações do ano por área sistêmica, iniciando pela Pró-Reitoria de Administração, representada pelo pró-reitor Juscelino Cardoso; Diretoria de Gestão de Pessoas, representada pelo diretor Auridan Dantas; e Assessoria de Comunicação Social e Eventos, representada pela assessora Clara Bezerra.

A reunião se encerrou com o debate sobre os protocolos de segurança contra a Covid-19. Os gestores votaram pela recomendação à exigência de passaporte vacinal (comprovante de vacinação contra a Covid-19) a todas as pessoas que acessarem a Instituição (estudantes, servidores efetivos, substitutos, vinculados a empresas terceirizadas e visitantes). A recomendação vai gerar uma nova consulta à Procuradoria Jurídica sobre o tema. Em caso de a Procuradoria manifestar a possibilidade de exigência do documento, o tema será encaminhado para análise e deliberação do Conselho Superior.

Ações do documento

Página em carregamento