Você está aqui: Página Inicial / Campi / São Gonçalo do Amarante / Notícias / Alunos participam de simulação no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante
Visita Técnica

Alunos participam de simulação no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

29/05/2014 - Procedimentos foram realizados para testar toda a estrutura do aeródromo antes da inauguração

Alunos participam de simulação no Aeroporto de São Gonçalo do Amarante

A convite do Consórcio Inframérica, alunos do IFRN São Gonçalo do Amarante participaram, nesta quarta-feira (29), da última simulação antes do pleno funcionamento do Aeroporto Internacional de SGA, que ocorrerá na manhã deste sábado (31). Juntamente com servidores do Campus e graduandos da Universidade Potiguar (UnP), os discentes dos cursos técnicos subsequentes (Redes de Computadores, Edificações e Logística) e do Pronatec (Agente de Aeroporto) tiveram a oportunidade de realizar todos os procedimentos que um passageiro executa para embarcar num voo comercial.

A simulação envolveu funcionários do novo aeroporto, que trabalharam como se estivessem num dia normal de funcionamento. Cada convidado recebia um ticket de determinada companhia aérea e, a partir daí, poderia proceder com todas as etapas até o embarque na aeronave:  check-in, despacho de bagagens, encaminhamento aos terminais de embarque, checagem de documentação, passagem por detectores de metais, travessia de fingers (pontes de embarque) ou embarque remoto (com transporte até a aeronave).

Para simular a acomodação final dos passageiros, foram utilizados ônibus no lugar de aviões. Os “pilotos” (motoristas) executaram todas as manobras coordenados pela torre de controle, desde o taxiamento até a chegada na cabeceira da pista para a decolagem. Para aumentar o grau de realismo,  anúncios no sistema de áudio do aeroporto comunicavam problemas, como mudança de portões de embarque e atraso de voos, para testar os funcionários em relação às eventualidades inerentes à atividade de cada um.

O coordenador de Extensão do IFRN-SGA, Fernando Freire, foi um dos servidores que estiveram na simulação e ficou com a impressão de que a simulação cumpriu os objetivos, tanto para testar a estrutura, como para a aprendizagem prática dos discentes do Campus. “É muito válida para os alunos essa vivência de toda a dinâmica de um ambiente aeroportuário, passando por todos as etapas, desde o check-in até o embarque. Também é um momento de grande significância na vida de cada um de nós, por participarmos de um procedimento que antecede a inauguração desse importante equipamento para o desenvolvimento do nosso Estado”, comentou.

Ações do documento

Página em carregamento